|
  • Bitcoin 121.481
  • Dólar 5,0538
  • Euro 5,2302
Londrina

Cidades

m de leitura Atualizado em 13/07/2022, 15:56

Prefeitura avalia estudos que vão basear concessão da rodoviária

Município planeja enviar em agosto para a Câmara o pedido de autorização para ceder terminal José Garcia Villar à iniciativa privada

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 13 de julho de 2022

Pedro Marconi - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

Foto: Arquivo/Vivian Honorato/N.com
menu flutuante

A secretaria municipal de Gestão Pública deve encerrar até o final de julho a análise técnica dos estudos de viabilidade sobre a concessão da rodoviária de Londrina à iniciativa privada. No início do ano, a prefeitura abriu um PMI (Procedimento de Manifestação de Interesse), em que três interessadas – de São Paulo e Bahia - apresentaram suas propostas. O prazo máximo para entrega venceu na terça-feira (7) da semana passada e foi cumprido pelas empresas. Uma proposta será escolhida pelo município para servir de base para o edital de concessão. 

O secretário da pasta, Fábio Cavazotti, ponderou que ainda não podem ser divulgados detalhes dos projetos, mas destacou que a diferença entre eles está no plano de negócios, receitas e o planejamento de atividades a serem desenvolvidas. “Cada um desses estudos propõe uma quantidade de investimento, prazo para concessão, taxa de retorno. Estamos avaliando para identificar o que mais atende o interesse do município”, explicou. 

LEIA TAMBÉM:

Operários trabalham na construção de passarela na PR-445 

+ Prefeitura de Londrina realizará concurso para contratar professores

A empresa que tiver o estudo escolhido será remunerada pelo futuro concessionário. A prefeitura espera enviar à Câmara na primeira quinzena de agosto o projeto de lei pedindo autorização para cessão da rodoviária. “Entendo que como houve aprovação da própria lei de concessões pela Câmara (em 2021), os vereadores estão preparados para recepcionar e avaliar com a agilidade que o município demanda e a cidade precisa, mas ela tem sua agenda”, elencou. 

PLANEJAMENTO

O cronograma é que até o final do ano o certame de concessão esteja publicado. “Entendemos que entre setembro e o outubro conseguiremos lançar esse edital nas bases da melhor proposta que coletamos no PMI”, reforçou. O PMI da Rodoviária integra o Programa Municipal de Concessões e Parcerias, instituído por lei municipal e regulamentado por decreto. 

A prefeitura quer que a iniciativa privada invista e promova melhorias no terminal José Garcia Villar, que foi construído em 1988. A rodoviária tem cerca de 57 mil metros quadrados e conta com 25 boxes, porém, muitos estão desocupados atualmente. Em julho do ano passado, o presidente do Instituto Niemeyer, e bisneto do arquiteto brasileiro, esteve no terminal para propor intervenções que resgatem parte do projeto original, concebido por Oscar Niemeyer

****

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.