|
  • Bitcoin 194.480
  • Dólar 5,4587
  • Euro 6,1923
Londrina

ELEIÇÕES 2020 5m de leitura Atualizado em 13/11/2020, 21:37

Comparando o perfil dos eleitores londrinenses com suas escolhas

Maioria dos vereadores eleitos têm entre 45 e 59 anos; perfil é semelhante à faixa que compreende 26% dos eleitores londrinenses

PUBLICAÇÃO
sábado, 14 de novembro de 2020

Vitor Ogawa - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante
Câmara de Vereadores de Londrina
Câmara de Vereadores de Londrina |  Foto: Fabio Alcover - 31/01/2018
 

Será que é possível comparar o perfil do eleitor londrinense com as suas escolhas? Na última eleição para o Executivo e Legislativo municipal, a média de idade dos vereadores eleitos era de 46,73 anos.  São nove vereadores entre 45 e 59 anos (47,36%); quatro com 60 anos ou mais (21,05%); cinco com idade entre 35 e 44 anos (26,31%) e um vereador entre 25 e 34 anos (5,26%).

Para comparar com o perfil dos eleitores, são 99.328 entre 45 e 59 anos (26,42%); 82.976 com 60 anos ou mais (22,07%); 76.151 com idade entre 35 e 44 anos (20,25%); 75329 com idade entre 25 e 34 anos (20,03%); e 42.209 com idade entre 16 e 24 anos (11,23%).

Para o  juiz Luiz Valério dos Santos, diretor do Fórum Eleitoral de Londrina,  o fato de 22% dos eleitores terem acima de 60 anos preocupa. “Por isso é importante dar preferência para  a  votação deles entre 7 e10h, porque os demais vão ter das 10 às 17h para votar", reforça.

Sobre a baixa adesão de jovens na confecção do título eleitoral, Santos afirma ser difícil encontrar um único motivo. "O cadastro terminou no dia 6 de maio,  e pode ser que em razão da pandemia os jovens não fizeram o título", arrisca. "Se mostra desinteresse da juventude, esperamos que o convênio Universidade Amiga da Justiça Eleitoral, que incentivou o cadastro do mesário voluntário, desperte o interesse maior da juventude”, acrescenta.

PARTICIPAÇÃO FEMININA

Claro que não dá para definir a escolha nas urnas apenas pela idade, já que existem o  alinhamento ideológico, proximidade familiar ou por amizade, por ser uma liderança de um bairro ou de uma categoria profissional. Mas em uma coisa o eleitor deve ficar atento. As eleitoras mulheres representam 54,2% do total dos votantes em Londrina e os homens 45,8%, fato que não se converteu na eleição das mulheres na atual legislatura, já que dos 19 vereadores  apenas uma mulher foi eleita (5,26%).  Isso influencia nas leis e políticas públicas voltadas para esse público. Causa desequilíbrio. 

MAIS E MENOS 

O maior local de votação é a Unopar Catuaí (zona sul), com 7.931 eleitores aptos a votar, divididos em 22 seções. Em seguida vem o Colégio Maxi (zona sul), com 7.323 eleitores divididos em 21 seções. Depois a Escola Estadual Adelia Dionisia Barbosa, no conjunto Parigot de Souza (zona norte), com 6.179 eleitores aptos a votar. 

Na outra ponta, o menor local de votação é a Escola Municipal Santos Dumont, no Bairro Industrial (zona oeste), com 76 moradores aptos a votar em uma seção única. 

O Assentamento Eli Vive terá, pela primeira vez, dois locais de votação em Lerroville, inaugurados em 2020 pela Justiça Eleitoral. A escola de Campo de Trabalho e Saber com uma seção e 205 eleitores aptos a votar; e a Escola de Campo Egídio Domingos Brunetto, com uma seção de 92 eleitores aptos. (Colaborou Guilherme Marconi)

ACOMPANHE A COBERTURA DAS ELEIÇÕES EM TEMPO REAL AQUI

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DE LER:

Aqui está tudo o que você precisa saber sobre as eleições municipais

CRÔNICAS DE ELEIÇÕES| Santinhos, colinhas e outras histórias
Na hora do voto: o papel dos mesários nas eleições
Comparando o perfil dos eleitores londrinenses com suas escolhas
Paraná tem oito milhões de eleitores
Mesários testemunham a transformação das eleições
instagram

ÚLTIMOS POSTS NO INSTAGRAM