GASTRONOMIA -

Para um bom prato, um bom vinho

Vinhos são sempre boas opções para encontros românticos, reuniões de negócios ou encontros descontraídos

Felipe Soares Luiz - Estagiário*
Felipe Soares Luiz - Estagiário*

 

 

O vinho também combina com entradas e comidas leves
O vinho também combina com entradas e comidas leves | iStock
 


Uma bebida versátil, seja para uma reunião com os amigos, um encontro romântico ou até mesmo para um jantar em sua própria companhia. Existem diversos tipos de vinho e muitas pessoas acabam tendo dificuldade em saber qual combina com o quê, afinal, harmonizar a comida com a bebida é algo que faz toda a diferença. Então, o que comer com vinho? 


Se você pensa em comer pratos que contêm carnes vermelhas filé mignon ao molho de mostarda, batata recheada com bacon ou um rocambole de carne moída, a dica é apostar em um vinho tinto seco. Na hora de preparar o seu prato evite aqueles que levam molhos vermelhos pois alguns vinhos tintos não lidam bem com molhos ácidos, ou seja, é melhor não arriscar. 


Se você está pensando em pratos mais simples e práticos, como strogonoff de frango, escondidinho de carne seca, fricassê de frango ou macarrão ao molho de queijo, o vinho tinto suave será sua melhor escolha. Esse tipo de vinho,  mais adocicado, tende a ser a escolha de muitas pessoas que não gostam de bebidas mais amargas por terem um paladar mais delicado.


Pensando em uma reunião com os amigos em um sábado à noite, a cena fica por conta do vinho rosé. Sendo um intermediário entre o tinto e o vinho branco, o rosé é mais adocicado e leve em comparação aos outros, sendo bom para acompanhar também alimentos mais leves. Se seu cardápio conta com uma tábua de frios, patê de atum ou queijos, o vinho rosé será ótimo.


Por último, mas não menos saboroso, temos o vinho branco. Assim como o rosé, comidas mais leves tendem a harmonizar melhor com esta bebida. Na dúvida, evite carnes e queijos gordurosos, pratos picantes e aposte, talvez, num escondidinho de carne seca. Siga a receita.




ESCONDIDINHO DE CARNE SECA


INGREDIENTES: 1kg de mandioca cozida, 1 lata de creme de leite com soro, 2 colheres de margarina, 1/2 kg de carne-seca dessalgada e cozida, 1 cebola média picadinha, 4 dentes de alho esmagados, 2 tomates sem casca e picados, sal e pimenta a gosto, queijo ralado a gosto.


MODO DE PREPARO: Esprema a mandioca ainda quente e leve em uma panela com a margarina e sal. Quando estiverem bem misturados acrescente o creme de leite, misture e reserve. Refogue a cebola e o alho em um fio de azeite. Acrescente a carne-seca desfiada e deixe fritar um pouco. Acrescente os tomates e deixe cozinhar até ficarem murchos e acerte o sal se achar necessário. Em um refratário untado com azeite, coloque uma camada do purê de mandioca, a carne seca e termine com o restante do purê. Polvilhe com queijo parmesão ralado e leve ao forno para gratinar.


Supervisão:

Célia Musilli/ Editora

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Continue lendo