MULTI CHEF -

Você gosta de chocolate?


Se eu tenho um vício, esse é o chocolate. Não nego. Gosto mesmo daquele chocolate sem frescuras. Chocolate mesmo. Mas, também, não recuso os que têm amendoim, amêndoas, castanhas, nozes, frutas secas, licores e tantas outras infinitas variações. Pode ser amargo, meio amargo, ao leite ou branco. Com pimenta, com café ou com menta. Não importa. Se é o que tem, vai o que tem! Para mim, que tenho familiares diabéticos, é um perigo. Entretanto, faz-me falta um pedacinho todos os dias após o almoço. Acompanhado de um bom cafezinho, então...!

 

Chocolate , em todas as variações, está entre as sobremesas preferidas em todo mundo
Chocolate , em todas as variações, está entre as sobremesas preferidas em todo mundo | Pixabay
 

Dizem que o chocolate é um alimento feito à base de amêndoa fermentada e torrada do cacau, feito aqui em nosso continente por civilizações pré-colombianas da América Central. Depois que os europeus chegaram por aqui e devastaram os povos que viviam na região, também espalharam o chocolate pelo mundo, que chegou à Europa e passou a ser transformado, ganhando, pouco a pouco, essa infinidade de variedades que conhecemos hoje. A mistura de especiarias, por exemplo, é resultado do vasto intercâmbio gastronômico da Era Moderna.



 

E você, gosta de chocolate? Qual o seu preferido? Pode ser bombom, em barras, uma trufa, na cobertura do bolo de cenoura (aliás, acesse o Multi Chef no Youtube da Multi TV e veja a receita da nutricionista Aline Gonçalves) ou até mesmo o brigadeiro que, para mim é o preferido entre todos. Tanto que foi tema da coluna na semana retrasada e receita ensinada pelo amigo e youtuber Pedro Rezende, no início do ano, com vídeo disponível no Youtube da Multi TV.

 

Chocolate , em todas as variações, está entre as sobremesas preferidas em todo mundo
Chocolate , em todas as variações, está entre as sobremesas preferidas em todo mundo | Pixabay
 

Minha comadre Cibela Okano, que tem dotes culinários maravilhosos, vira e mexe prepara um ganache de chocolate para os bolinhos e bolachinhas que faz, alguns para encomendas, sempre com uma dose um pouco maior quando eu vou para o cafezinho no final do dia. Os quitutes servem como café da manhã, como sobremesa, como café da tarde... é uma cozinha tão afetiva que neste exato momento em que escrevo essas palavras já sinto o delicioso gosto do doce, acompanhado do café coado ou expresso feito por ela também.

 



Talvez o chocolate tenha esse lugar na minha vida porque traz consigo lembranças e memórias afetivas de tudo o que é bom. De gente querida, de momentos felizes. De partilhas e histórias. De uma vida doce, não amarga. Mesmo que o chocolate seja meio amargo! Ah, não posso me esquecer, jamais, da deliciosa cobertura de chocolate do bolo pão de mel que minha mãe faz. Torçam para que um dia eu consiga convencê-la a vencer a vergonha e preparar a receita no programa!

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo