|
  • Bitcoin 121.481
  • Dólar 5,0538
  • Euro 5,2302
Londrina

Cidades

m de leitura Atualizado em 28/06/2022, 17:57

Prefeitura adota dispensa de licitação para tentar concluir UBS Fraternidade

Nesta semana terá início a coleta de propostas, que serão avaliadas pela secretaria de Obras

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 27 de junho de 2022

Reportagem local
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

A Prefeitura de Londrina dará início a um processo de dispensa de licitação para contratação direta de empresa, que ficará responsável por concluir as obras de construção da Unidade Básica de Saúde  da Vila Fraternidade, na zona leste. Iniciada em 2020, o contrato firmado mediante licitação foi rescindido em abril de 2021 por problemas de regularidade fiscal por parte da contratada. O prédio original foi demolido em 2014.

Imagem ilustrativa da imagem Prefeitura adota dispensa de licitação para tentar concluir UBS Fraternidade Imagem ilustrativa da imagem Prefeitura adota dispensa de licitação para tentar concluir UBS Fraternidade
|  Foto: Pedro Marconi - Grupo Folha
 

Como nenhuma das participantes dessa licitação manifestou interesse em dar continuidade à obra, foi necessário iniciar novo processo. Desde 2021, foram publicados quatro editais de licitação para retomada da construção. No entanto, não houve interessados em nenhuma das tentativas.

O último processo licitatório para construção da UBS da Vila Fraternidade (Tomada de Preços n° 0007/2022) teve edital publicado em maio, com data para abertura das propostas definida em 21 de junho. O valor máximo previsto para esta obra era de R$ 1.292.381,85, já com tabela de custos atualizada. Ainda assim, a licitação resultou deserta, sem concorrentes.

A Lei de Licitações, lei federal n° 8.666 de 1993, prevê no artigo 24 item V que o poder público faça contratação direta de empresa privada na ausência de interessados à licitação anterior, mantendo-se todas as condições preestabelecidas. Ou seja, valores da obra, termos de referência e demais documentos técnicos anexados ao edital de Licitação serão mantidos no processo de dispensa.

LEIA TAMBÉM:

+ Alta de materiais e abandono 'espantam' empresas da UBS Fraternidade

+ Estado deve autorizar retomada de obra do CEEP Londrina nesta terça

Prontos atendimentos em Londrina devem sair do papel até o início de 2023

COLETA DE PROPOSTAS

Com a solicitação formalizada pela Secretaria Municipal de Saúde à Gestão Pública, nesta semana terá início a coleta de propostas. As solicitações serão encaminhadas às empresas apontadas pela Secretaria Municipal de Obras e Pavimentação, que possuam perfil e quadro técnico em condições de atender ao projeto desta obra.

“O Município fez todas as tentativas possíveis de licitar a finalização da obra, mas, infelizmente, não encontrou interessados. Segundo levantamento que fizemos, o fato de encontrar-se inacabada desperta resistência das empresas. Assim, como se trata de um equipamento de saúde de extrema importância para a população, entendemos que a Dispensa é o caminho legal que mais atende ao interesse público”, afirmou o secretário Municipal de Gestão Pública, Fábio Cavazotti.

As empresas abordadas pela Prefeitura terão um prazo para enviar a documentação habilitatória e sua proposta comercial, em planilha orçamentária. “Essa documentação e a planilha serão avaliadas pelo corpo técnico da Secretaria de Obras e será selecionada a empresa que ofertar o menor preço. Para garantir que o maior número possível de empresas participe dessa Dispensa, vamos concentrar nossos esforços nessa sensibilização do mercado”, complementou Cavazotti.

O secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, esclareceu que a medida em adotar a Dispensa de Licitação foi definida mediante análise técnica tomada em conjunto pelas secretarias envolvidas. “É uma UBS com um caráter assistencial muito relevante para sua comunidade, formada em sua maioria por idosos. Por isso, todos os esforços da Prefeitura são no sentido de, muito em breve, retomar a construção da nova Unidade Básica de Saúde da Vila Fraternidade”, frisou. (Com informações do N.Com)

****

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1