|
  • Bitcoin 143.015
  • Dólar 4,8598
  • Euro 5,1324
Londrina

Cidades

m de leitura Atualizado em 14/03/2022, 17:23

Pedalinhos do Igapó devem começar a funcionar no dia 26

Equipamentos já estão no lago e os passeios deveriam iniciar nesta semana, mas chuva atrapalhou o cronograma, segundo empresa responsável

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 14 de março de 2022

Vítor Ogawa - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

Foto: Roberto Custódio
menu flutuante

Os pedalinhos do Lago Igapó 2, na região central  devem começar a operar no dia 26 deste mês, em um sábado. A intenção era começar as atividades ainda nesta semana, mas Odair Gilmar Beninca, proprietário da empresa Encantos Novos Turismo, de Santa Catarina, afirmou que as chuvas atrapalharam o cronograma. Os equipamentos, em formato de cisne e caravela, já estão no lago e chamam a atenção de quem passa pelas proximidades. A bilheteria provisória, que ficará em um contêiner azul, também já foi instalado.

"Eu estou dependendo desse clima. Esta semana ainda vai estar com chuva, então eu não vou conseguir fazer tudo que preciso, mas acredito que o mais tardar dia 26 nós começamos", afirmou Beninca.  Os passeios com os pedalinhos foram estabelecidos em R$ 9 por pessoa por 15 minutos, tanto no cisne como na caravela. Já o stand up paddle e os caiaques serão cobrados R$10 por pessoa, também por 15 minutos. 

Imagem ilustrativa da imagem Pedalinhos do Igapó devem começar a funcionar no dia 26 Imagem ilustrativa da imagem Pedalinhos do Igapó devem começar a funcionar no dia 26
|  Foto: Roberto Custódio
 

PRIMEIRA ETAPA

No dia 26 estarão disponíveis seis cisnes, seis caravelas, quatro caiaques individuais, quatro caiaques duplos e quatro standes up paddle. "Esse é o primeiro projeto liberado parcialmente, não vamos estar com a obra completa, porque a prefeitura precisa mandar um estudo ambiental para o IAT (Instituto Água e Terra). Agora liberaram a licença parcial para depois começarmos a fazer a obra por completo, que terá os banheiros, o convés de madeira e as lanchonetes."

Ele explicou que a estrutura definitiva será implantada a 100 metros do ponto onde fica a bilheteria provisória. "Ali já tem a entrada de água, tem esgoto, tem tudo ali preparado para a instalação.

LEIA TAMBÉM:Rotatória da Leste-Oeste com Rio Branco será totalmente bloqueada

+ Mudança de adutora vai possibilitar construção de trincheira na Gleba

FURTOS 

No entanto, antes mesmo de inaugurar o serviço, a empresa já precisou lidar com o furto de duas boias de contenção deixadas no lago. "Montamos as boias de sinalização e acabaram levando. A prefeitura comentou que a Guarda Municipal faria uma ronda ali. Nós estamos estudando como faremos a segurança, porque ainda não consigo colocar as câmeras de segurança."

Imagem ilustrativa da imagem Pedalinhos do Igapó devem começar a funcionar no dia 26 Imagem ilustrativa da imagem Pedalinhos do Igapó devem começar a funcionar no dia 26
|  Foto: Roberto Custódio
 

Bruno Ubiratan, presidente da Codel (Instituto de Desenvolvimento de Londrina), confirmou que a empresa está apta a operar. "Pode começar a operar de forma provisória, e está com as estruturas 80% prontas", diz, informando que com relação às licenças junto ao IAT, é responsabilidade do empresário. "Essas licenças são liberadas por etapas conforme ele for terminando o relatório para concluir a liberação para instalar lanchonetes, banheiros e tudo mais."

O município receberá pela concessão para exploração do serviço cerca de R$ 5.500 por mês, num contrato de dez anos. Um barco motorizado ficará no lago para apoio dos frequentadores. No Paraná, a empresa que venceu a licitação já cuida dos pedalinhos do Parque do Ingá, em Maringá. A primeira expectativa do poder público era de que os equipamentos em Londrina começassem a operar no final do ano passado. 

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.