|
  • Bitcoin 236.842
  • Dólar 5,5670
  • Euro 6,3053
Londrina

COVID E INFLUENZA 5m de leitura Atualizado em 14/01/2022, 16:48

Mais uma UBS será destinada para síndromes respiratórias

Unidade do Chefe Newton, na zona norte de Londrina, vai passar a atender casos de sintomas gripais a partir de segunda-feira

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 14 de janeiro de 2022

Pedro Marconi - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Diante do tensionamento na rede de atenção primária com o grande aumento da procura por consulta médica, a UBS (Unidade Básica de Saúde) do Chefe Newton, na zona norte de Londrina, também vai atender exclusivamente casos de síndromes respiratórias. A mudança começa na segunda-feira (16). Com o posto serão quatro locais recepcionando os pacientes com sintomas gripais. 

Imagem ilustrativa da imagem Mais uma UBS será destinada para síndromes respiratórias
|  Foto: Emerson Dias /N.Com/Arquivo
 

De segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, irão funcionar as unidades do Chefe Newton, Vila Casoni (área central) e Guanabara (zona sul), e 24 horas por dia a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do jardim Sabará (região oeste). A demanda está num nível alto desde o início do ano. Na semana do dia oito de novembro de 2021, por exemplo, foram abertas 1.157 fichas no Sabará. Nesta semana, até quinta-feira (13), eram 2.961 somando a UPA e os outros dois postos de síndromes respiratórias. 

Nesta semana a FOLHA mostrou a longa espera de pacientes que estavam atrás de atendimento com suspeita ou confirmação de Covid-19 ou Influenza. “A UPA do Sabará conta com oito médicos. Nas UBS são quatro e a do Chefe Newton vai iniciar com dois. Casos com gravidade não têm esperado 30 minutos, só que a grande maioria são leves e nesse sentido, por conta dessa demanda que tem se mostrado muito alta, o tempo de espera, em determinados momentos, tem sido bastante elevado. Na média, em casos leves na UPA, tem sido de 3h30, quatro horas”, elencou o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado. 

TELEMEDICINA

Outra medida anunciada pela prefeitura nesta sexta-feira (14), durante coletiva à imprensa, foi a oferta do serviço de telemedicina a partir de segunda para as pessoas que tiveram teste positivo para coronavírus após realizar exames em farmácias e laboratórios particulares. O número 0800 400 1234 vai contar com três médicos, que vão atender de segunda a sexta-feira, das 13h às 18h. 

LEIA TAMBÉM:

- Vacinação de crianças começa segunda-feira em Londrina

- Em meio ao avanço da ômicron, vacina 'segura' internamentos e mortes

“Observamos que com o grande volume de pessoas indo nas farmácias fazer testes, aqueles que estão dando positivo estão indo para a estrutura do serviço público atrás de atendimento para atestado. Por isso, a prefeitura inicia a telemedicina, para tirar essa pessoa de circulação e fazer com que tenha acesso a todas as necessidades, como receita médica, atestado e acompanhamento de modo on-line. Quem ainda não tem diagnostico é importante que passe pelo serviço de saúde”, detalhou. 

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.

instagram

ÚLTIMOS POSTS NO INSTAGRAM