|
  • Bitcoin 148.867
  • Dólar 4,8934
  • Euro 5,1668
Londrina

Cidades

m de leitura Atualizado em 29/03/2022, 12:47

Governador faz novo decreto e libera máscaras em locais fechados

Acessório já estava flexibilizado em ambientes abertos há duas semanas; Prefeitura de Londrina vai seguir resolução estadual

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 29 de março de 2022

Reportagem local
AUTOR autor do artigo

Foto: Roberto Custódio - 15/03/2022
menu flutuante

O governador Ratinho Junior assinou um novo decreto nesta terça-feira (29) liberando a circulação sem máscaras também em locais internos. Com a medida, ele revoga os dispositivos da norma anterior e mantém a orientação para a Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) do Paraná regulamentar o uso do acessório em alguns espaços internos, como transporte público, espaços de saúde e clínicas, com caráter de recomendação.

A medida já está em vigor e segundo o governo leva em consideração a situação estável da circulação do vírus que provoca a Covid-19 no Estado, com internamentos, óbitos e taxa de transmissão em queda consistente há algumas semanas. A alteração é um complemento da flexibilização do uso do equipamento de proteção individual em locais externos, assinada em 16 de março

LEIA TAMBÉM: Saúde de Londrina anuncia liberação da 4ª dose para idosos

A decisão foi tomada 23 meses depois da instituição da obrigatoriedade. A implementação da nova regra só foi possível graças a uma alteração legislativa que deu ao Estado a prerrogativa pelas decisões sanitárias sobre uso de máscara, no começo do mês.

LONDRINA

A FOLHA entrou em contato com o Núcleo de Comunicação da Prefeitura de Londrina, que informou que o município vai seguir o Estado. Em entrevistas recentes, o prefeito Marcelo Belinati já havia declarado que esperaria uma posição estadual sobre o tema.

NÚMEROS

O Paraná tem quase 80% da população com a cobertura vacinal completa. Mais de 4 milhões de pessoas receberam a dose de reforço. A média móvel de casos caiu 54% em relação há duas semanas e a média de mortes diminuiu 75% no mesmo período. A ocupação nas UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) está em 33% e a taxa de transmissão é de 0,92, abaixo de 1, com tendência de queda. (Com informações da AEN)

Atualizada às 12h33

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.