|
  • Bitcoin 105.795
  • Dólar 5,2368
  • Euro 5,5080
Londrina

Cidades

m de leitura Atualizado em 10/06/2022, 06:45

Concurso da Guarda Municipal de Londrina será aberto nesta sexta-feira

Secretaria de Defesa Social prevê contratação de 35 agentes, com salário de R$ 3,3 mil; expectativa é de que 14 mil pessoas participem

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 10 de junho de 2022

Pedro Marconi - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

Foto: Gustavo Carneiro
menu flutuante

O concurso da GM (Guarda Municipal) de Londrina será aberto às 17h desta sexta-feira (10) no site da Cops (Coordenadoria de Processos Seletivos) da UEL (Universidade Estadual de Londrina) - cops.uel.br -, organizadora do certame. Os interessados terão até o dia quatro de julho para fazer a inscrição, que tem taxa de R$ 43. O valor deverá ser quitado até cinco de julho. Inicialmente serão ofertadas 35 vagas, com salário “bruto” de R$ 3.364,77 para uma carga de 36 horas semanais. A expectativa é de que 14 mil pessoas participem.

A ideia é que os novos agentes supram, pelo menos, parte das perdas dos últimos anos da corporação. “Na época que instauramos o procedimento licitatório este era o número de vagas que existia. De lá para cá teve a pandemia (de coronavírus), que acabou atrasando a publicação, e outras vagas surgiram. Agora, precisamos ao longo do certame discutir a questão financeira e orçamentária, se temos condição de absorver mais candidatos”, explicou Pedro Ramos, secretário municipal de Defesa Social. 

Criada em 2010, a Guarda Municipal tinha perspectiva – na época - de dispor de aproximadamente mil agentes ao longo dos anos. Entretanto, atualmente são cerca de 310. “A capacidade do município em contratar tem que ser levada em conta, porque temos capacidade financeira e orçamentária e tem várias demandas de trabalho que têm que ser atendidas. Não contratamos o quanto seria ideal, mas aquilo que é possível”, ponderou. 

LEIA TAMBÉM:

+  Prefeitura alerta sobre postagens com informações falsas de concursos

+ Londrina aplicou R$ 84 mil em multas em quem se recusou a usar máscara

Projeto de palestras da Guarda Municipal é premiado em Londrina

Ramos também destacou que a tecnologia tem sido uma aliada para otimizar o trabalho dos guardas diante das atribuições – que incluem Patrulha Maria da Penha, Guarda Rural, segurança dos prédios municipais, operações com cães, fiscalizações, entre outras - e a quantidade de servidores. “Evidente que se tiver mais guardas, a prestação de serviço melhora em qualidade, mas hoje estamos superando isso usando câmeras de monitoramento, alarmes, para que consigamos cobrir a maior área possível e o maior número possível de próprios públicos”, defendeu. 

PROVAS 

As provas do concurso vão acontecer em sete de agosto. Serão 40 questões, sendo dez de língua portuguesa, matemática e legislação específica e cinco de história e geografia da cidade e de noções de direito. A prova discursiva será aplicada juntamente com a objetiva e terá uma questão com, no máximo, 25 linhas, que consistirá na avaliação de uma situação registrada em BO (Boletim de Ocorrência). 

Esta fase é classificatória e eliminatória. Em nove de setembro está programada a divulgação do edital de convocação para o teste de aptidão física, que tem caráter eliminatório e será realizado nos dias 18 e 20 de setembro, também de responsabilidade da Cops, que está recebendo R$ 993 mil pelo serviço. 

Imagem ilustrativa da imagem Concurso da Guarda Municipal de Londrina será aberto nesta sexta-feira Imagem ilustrativa da imagem Concurso da Guarda Municipal de Londrina será aberto nesta sexta-feira
|  Foto: Folha Arte: Gustavo Padial
 

FORMAÇÃO 

A fase admissional, com investigação de conduta, avaliação psicológico e o curso de formação, ficará a cargo da prefeitura. “O concurso terá os aprovados para o número de vagas anunciado e vai ter uma lista de espera que poderá ser utilizada em até dois anos, renovável por mais dois. Se de fato conseguirmos administrativamente aumentar as vagas, é importante porque que os candidatos serão chamados dessa lista de espera. A nossa avaliação para esse concurso é positiva”, frisou. 

Poderão se inscrever homens e mulheres com 18 anos ou mais, que não tenham condenação em processo criminal, que estejam em dia com as obrigações eleitorais e militares, no caso dos candidatos do sexo masculino, e com o segundo grau completo. Das vagas, 29 são de ampla concorrência, quatro para afro-brasileiros e duas para pessoas com deficiência.  

Durante o período de formação será concedido mensalmente aos candidatos devidamente habilitados, matriculados e ativos um auxílio financeiro. “Existe processo de formação de oito meses de curso. Antes do final do ano estaremos com o processo de formação em andamento e poderemos utilizar esse pessoal nas atividades que a formação permite, principalmente no final do ano”, comentou o secretário de Defesa Social. 

****

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1