NetdealEvents

Paraná tem 42 novos casos de Covid-19; País ultrapassa 2.000 óbitos

A quinta morte por coronavírus em Londrina foi a única registrada nesta sexta-feira (17), segundo o boletim da Sesa

Guilherme Marconi - Grupo Folha
Guilherme Marconi - Grupo Folha

A quinta morte por coronavírus em Londrina foi a única registrada nesta sexta-feira (17) no Paraná, segundo o boletim da  Sesa (Secretaria de Estado de Saúde) . O levantamento também apresentou 42 novos casos da doença no Estado, o maior salto nesta última semana.  Ao todo são 44 óbitos no Paraná e 887 casos confirmados desde o início do primeiro registro do vírus no Estado ocorrido em 12 de março. Os números incluem o de pessoas de outros estados que tiveram a doença constatada no Paraná. 

Corpo de vítima do coronavírus foi enterrado no Cemitério Jardim da Saudade
Corpo de vítima do coronavírus foi enterrado no Cemitério Jardim da Saudade | Isaac Fontana/Framphoto/Folhapress
 


A nova morte em Londrina é de um homem de 61 anos que tinha diabetes. Ele estava internado na Santa Casa desde 31 de março. Já no dia dia 4 de abril foi transferido para UTI (unidade de terapia intensiva) e  foi entubado no dia 8. O corpo da vítima foi enterrado no Cemitério Jardim da Saudade, na zona norte. O município tem 81 casos confirmados de Covid-19.  Cinco casos foram confirmados nas últimas 24 horas em Londrina. 






O secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, disse em coletiva de imprensa que o município tem estrutura para o controle da pandemia neste momento. Segundo ele, são 279 leitos de UTIs entre sistema público e privado. "A OMS (Organização Mundial Social de Saúde) preconiza de 1 a 3 leitos de UTI para cada 10 mil habitantes. Nós temos 2,79 considerando a região com 1 milhão de habitantes. A OMS ainda recomenda ampliação de 20% para a crise de Covid-19, o que seria 54 leitos a mais. Mas nossa expectativa é ultrapassar esse índice com mais 120 leitos no Hospital Universitário. O que posso afirmar é que Londrina tem cenário favorável" pontuou. 



LEIA TAMBÉM:

Vulnerabilidade social potencializa risco de Covid-19

-  Mais de 30 milhões de brasileiros não têm acesso à internet

Paraná tem 42 novos casos de Covid-19; País ultrapassa 2.000 óbitos


Os novos casos confirmados pela Secretaria Estadual de Saúde são em Curitiba (15) , Cascavel (2), Pinhais (3), Maringá (8), Fazenda Rio Grande (1), Guaraci (1), Santa Mônica (3), Arapongas (1), São João do Ivaí (1), Ivaiporã (1), Campo Mourão (1) e Campina Grande do Sul (1).   

 

O número de pacientes recuperados no interior do Paraná é de 171. Neste total não estão incluídos os pacientes recuperados no município de Curitiba. Em relação ao sexo; 50,3% são do sexo masculino e 49,7% do feminino. A faixa etária que apresenta maior índice de pacientes recuperados é a de 30 a 39 anos, com 31,6%, o que representa 54 pacientes. Na sequência, as faixas de 40 a 49 anos, com 19,3%, e de 20 a 29 anos, com 14,6%.



CONTINUE LENDO:

Coronavírus já matou mais de 150 mil pessoas no mundo em cerca de três meses

Em todo o PR, prefeituras começam a reduzir restrições ao comércio


O secretário estadual de Saúde, Beto Beto, também informou que a Sesa  que passou a divulgar um novo formato de boletim, mais aprofundado. “Buscamos atentamente a transparência de dados, de informações e avaliamos e reavaliamos constantemente nossas ações. Por isso a divulgação é bastante importante neste momento."


Neste boletim a Sesa informou ainda que até agora foram aplicados no Paraná 8.675 testes. Destes, 7.409 foram descartados e 421 ainda estão em investigação.  O gráfico aponta que Lacen (Laboratório Central do Estado) concentra 53% dos testes feito no Estado. 


VEJA TAMBÉM:

- Confira o Mapa interativo com os casos confirmados e as mortes no Paraná


PAÍS

O Brasil registrou 217 novas mortes pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas e agora tem mais de 2.000 óbitos, segundo dados do Ministério da Saúde. São ao todo 2.141 mortes causadas por Covid-19. Balanço da pasta também aponta 33.682 casos confirmados da doença. O índice de letalidade do novo vírus, em relação ao total de casos, está em 6,4%. 


O ministério, porém, afirma que o número real de casos tende a ser maior, já que só pacientes internados em hospitais fazem testes e há casos represados à espera de confirmação. De acordo com o balanço do ministério, São Paulo está perto de registrar 1.000 mortes desde o início da pandemia. O estado mais populoso do país tem agora 928 óbitos e 12.841 casos. O segundo caso com mais letalidades em decorrência da Covid-19 é o Rio de Janeiro, com 341 mortes. Aparecem na sequência Pernambuco, com 186 mortes; Ceará, com 149; e Amazonas, com 145. (Com Folhapress)



LEIA MAIS:



- Belinati confirma reabertura do comércio e de serviços na segunda

Falta de dados sobre desemprego esconde real impacto da pandemia

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Continue lendo


Últimas notícias