|
  • Bitcoin 142.384
  • Dólar 4,7700
  • Euro 5,1177
Londrina

Política

m de leitura Atualizado em 11/04/2022, 20:41

Bolsonaro visita Santuário São Miguel Arcanjo, em Bandeirantes

Presidente da República chegou de helicóptero por volta das 10 horas de sábado (9). Visita foi acompanhada por milhares de apoiadores

PUBLICAÇÃO
sábado, 09 de abril de 2022

Rubia Pimenta/ Especial para a FOLHA
AUTOR autor do artigo

Foto: JONATHAM CAMPOS/AEN
menu flutuante
Bolsonaro e Ratinho Junior participaram de celebração Santuário São Miguel Arcanjo Bolsonaro e Ratinho Junior participaram de celebração Santuário São Miguel Arcanjo
Bolsonaro e Ratinho Junior participaram de celebração Santuário São Miguel Arcanjo |  Foto: JONATHAM CAMPOS/AEN
 

Bandeirantes – Em uma passagem histórica pela região Norte Pioneiro, o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), visitou, na manhã deste sábado (09), o Santuário São Miguel Arcanjo, localizado em Bandeirantes (a 90 km de Londrina). Ele assistiu à missa, acompanhado de sua esposa, Michelle Bolsonaro, e diversas autoridades, como o governador do Estado, Ratinho Junior (PSD). A presença do presidente gerou grande comoção na cidade, com a reunião de milhares de apoiadores. Houve pequenas manifestações contrárias, porém sem registro de tumulto.

LEIA MAIS - Bolsonaro faz discurso em tom de campanha em Londrina 

O presidente chegou a Bandeirante de helicóptero, por volta das 10h, cercado por forte aparato do Exército, Aeronáutica, além de policiais militares de toda região, que foram convocados para garantir a segurança do local. Antes da celebração, o presidente tirou fotos com apoiadores e abraçou crianças, mas não falou com a imprensa.

O presidente Bolsonaro é recebido pelo governador Ratinho Junior em Bandeirantes O presidente Bolsonaro é recebido pelo governador Ratinho Junior em Bandeirantes
O presidente Bolsonaro é recebido pelo governador Ratinho Junior em Bandeirantes |  Foto: JONATHAM CAMPOS/AEN
 

Bolsonaro participou brevemente da celebração, lendo um trecho bíblico de Ezequiel. Ao final da missa, houve a entrega da imagem de São Miguel Arcanjo ao governador e deputados que estavam presentes. O presidente da República não pegou a imagem junto com as outras autoridades porque, segundo o padre Rosinei Toniette, que celebrou o ato, Bolsonaro recebeu o anjo ao chegar ao Santuário, e prometeu levá-lo ao Planalto.

LEIA TAMBÉM: Bolsonaro desembarca em Londrina recepcionado por apoiadores

A missa lotou o salão do Santuário, que acolhe cerca de 3 mil pessoas. Todas foram previamente cadastradas (em sua maioria políticos e apoiadores da região) e revistadas antes de entrar no pátio da igreja. Outras milhares assistiram por telão no pátio.

Protesto

Um pequeno grupo de manifestantes, com carro de som e cartazes, tentou participar do evento, porém foi barrado pela organização, para evitar tumultos com os apoiadores do presidente. Eles se concentraram, então, no centro de Bandeirantes, com faixas que questionavam a politização da igreja, além de culpar o atual presidente por negligência na condução da pandemia. O protesto foi pacífico.

Manifestantes protestaram contra o que chamaram de "politização da igreja" Manifestantes protestaram contra o que chamaram de "politização da igreja"
Manifestantes protestaram contra o que chamaram de "politização da igreja" |  Foto: Rubia Pimenta
 

Em função dos questionamentos, nesta sexta-feira (08), a Diocese de Jacarezinho divulgou uma nota de esclarecimento, onde afirma que a visita do presidente ocorreu por um convite de particulares, não sendo promovido pela Diocese. “Reafirmamos a isenção partidária da igreja Católica”, diz a nota.

Presidente na região

Esta é a primeira visita de um presidente da República à cidade de Bandeirantes. No Norte Pioneiro, a última passagem de um presidenciável ocorreu em 2009, quando Luiz Inácio Lula da Silva  visitou a cidade de Congonhinhas.

Bolsonaro confirmou a visita ao Santuário na semana passada, em Brasília, após receber uma comitiva formada pelo padre reitor do Santuário, Rosinei Toniette, além do padre Roberto Medeiros, deputado federal Diego Garcia e o empresário de Bandeirantes, Leonir Palla.

“Foi uma oportunidade ímpar que recebemos no município. Foi uma honra tê-lo conosco, junto com outro chefe de Estado, o governador, e tantas outras autoridades”, disse o prefeito da cidade, Jaelson Matta (Podemos)

Entre as autoridades presentes,  os ministros Marcos Montes (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e Augusto Heleno (Gabinete da Segurança Institucional); os deputados federais Sandro Alex, Aline Sleutjes, Filipe Barros, Diego Garcia, Luísa Canziani, Paulo Martins e Pedro Lupion; além de prefeitos da região. 

A presença de Bolsonaro atraiu apoiadores de toda a região. A comerciante de Londrina, Gisele Martins, trouxe o marido e o filho para a missa. “Sou devota de São Miguel, e fico muito feliz e honrada em saber que o presidente nos prestigia”, diz.

Gisele Martins, devota de São Miguel, levou o marido e o filho para visitar o Santuário neste sábado Gisele Martins, devota de São Miguel, levou o marido e o filho para visitar o Santuário neste sábado
Gisele Martins, devota de São Miguel, levou o marido e o filho para visitar o Santuário neste sábado |  Foto: Rubia Pimenta
 

Turismo Religioso

O Santuário de São Miguel Arcanjo é hoje um importante ponto turístico religioso, recebendo cerca de 40 mil visitantes mensal, vindos de todo o País. Todo o dia 29 de cada mês, data dedicada ao arcanjo, cerca de 10 mil pessoas participam da celebração. O local é considerado o terceiro maior santuário do mundo dedicado ao arcanjo.

Santuário de São Miguel Arcanjo, em Bandeirantes Santuário de São Miguel Arcanjo, em Bandeirantes
Santuário de São Miguel Arcanjo, em Bandeirantes |  Foto: JONATHAM CAMPOS/AEN
 

Um resort está sendo construído no local, em função da grande procura dos fiéis, que cresce a cada ano. “O Santuário é uma benção para a cidade e toda região, pois fomentou a nossa economia. Com certeza o presidente viu esse potencial e fez questão de participar de uma missa conosco”, afirma o prefeito Jaelson.

I