|
  • Bitcoin 149.391
  • Dólar 4,9096
  • Euro 5,1947
Londrina

NORTE PIONEIRO

m de leitura Atualizado em 09/04/2022, 14:26

Bolsonaro participa de missa em Bandeirantes e encontra apoiadores em Ibiporã

Apoiadores do presidente estavam na expectativa para ver o presidente no passeio de moto, mas ele foi direto de Londrina para Bandeirantes

PUBLICAÇÃO
sábado, 09 de abril de 2022

Guilherme Marconi - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), saiu por volta das 9 horas deste sábado (9) de um hotel no centro de Londrina direto para a missa programada para ser realizada no Santuário São Miguel Arcanjo em Bandeirantes, no Norte Pioneiro. Já a motociata prevista pela assessoria dos deputados que organizaram a visita  ao Norte Pioneiro não contou com a presença do presidente.

LEIA TAMBÉM: Bolsonaro faz discurso em tom de campanha na ExpoLondrina 

Bolsonaro chegou em Bandeirantes por volta das 10 horas acompanhado do governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD) para assistir à missa. O Santuário tem capacidade para três mil fiéis.  Após assistir a missa, o helicóptero do presidente pousou no Campo Estrela, em Ibiporã.  Na cidade, foi ao encontro de apoiadores e passeou  em cima de uma caminhonete e ao lado do prefeito de Ibiporã, José Maria Ferreira (PSD) comeu um pastel e suco de laranja em uma lanchonete. 

FRUSTRAÇÃO EM ANDIRÁ

Na entrada de Andirá, município próximo a Bandeirantes, a expectativa era grande. Isso porque o helicóptero presidencial pousaria no Estádio João Hermógenes de Andrade, o Andradão, e Bolsonaro iria direto para a motociata organizada pelo deputado federal Diego Garcia (Republicanos), que é da região. O comboio sairia da frente de uma fábrica de móveis até o Santuário São Miguel Arcanjo, em Bandeirantes. O trajeto é de 20 quilômetros. O evento, porém, não teve a presença do presidente.  

Em busca do melhor ângulo para fotos, apoiadores ocupavam um posto de combustíveis na BR-369 e uma passarela que corta a rodovia. A prefeitura liberou o acesso ao público no estádio. O percurso é monitorado por agentes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) e PRE (Polícia Rodoviária Estadual).

Essa é a segunda vez em 12 anos que um presidente da República passa pelo Norte Pioneiro. Em 2010, também em ano eleitoral, o ex-presidente Lula (PT) esteve em Congonhinhas em visita a um assentamento do MST para lançamento do programa Luz Pra Todos). Lula veio acompanhado da então ministra da Casa Civil, Dilma Roussef, que era à época pré-candidata a sucessão.