|
  • Bitcoin 118.540
  • Dólar 5,2171
  • Euro 5,3465
Londrina

Geral

m de leitura Atualizado em 17/07/2022, 20:43

Evento reúne 90 bateristas em Londrina para celebrar o Dia do Rock

1° Bateraço teve clássicos do rock e atraiu centenas de pessoas para o estacionamento do Boulevard Londrina Shopping neste domingo (17)

PUBLICAÇÃO
domingo, 17 de julho de 2022

Simoni Saris - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

Foto: Gustavo Carneiro
menu flutuante
Imagem ilustrativa da imagem Evento reúne 90 bateristas em Londrina para celebrar o Dia do Rock Imagem ilustrativa da imagem Evento reúne 90 bateristas em Londrina para celebrar o Dia do Rock
|  Foto: Gustavo Carneiro
 

O chão do estacionamento aberto do Boulevard Londrina Shopping tremeu, na tarde deste domingo (17), durante o 1° Bateraço. O evento realizado para celebrar o Dia Mundial do Rock, comemorado no último dia 13, reuniu cerca de 90 bateristas profissionais e amadores com a missão de executar grandes clássicos do rock e levantar o público.  

No comando das baterias, havia músicos de todas as idades. Com apenas oito anos, João Miguel Santos Borges demonstrava muita familiaridade com os instrumentos. Ele começou a tocar com um ano de idade, juntando as panelas de casa. Os pais perceberam logo o dom do filho para a música e investiram no talento. Atualmente, o garoto toca na igreja e na banda da guarda-mirim de Londrina. “Ensaiei um pouco e acho que vai ficar legal”, disse ele, pouco antes da apresentação, cheio de expectativa.  

João Miguel, de oito anos, começou a tocar ainda bebê, juntando as panelas de casa João Miguel, de oito anos, começou a tocar ainda bebê, juntando as panelas de casa
João Miguel, de oito anos, começou a tocar ainda bebê, juntando as panelas de casa |  Foto: Gustavo Carneiro
 

De longe, os pais, Rosana e Ricardo Leal Borges, acompanhavam, orgulhosos. “Tudo o que pede ele toca. Sempre teve bom gosto para música e consegue tocar qualquer ritmo”, comentou o pai. “Nas aulas de musicalização, ele passou por vários instrumentos, mas sempre parava mesmo na bateria. Ele tem um potencial nato para esse instrumento.” 

leia também: Feira Okupa promove trabalho de produtores locais

Baterista iniciante, André Vinícius Bandeira é autodidata no instrumento e, antes da apresentação em grupo, segurava no colo o filho Francisco, de dez meses, “apaixonado por bateria e percussão”. “A expectativa é a melhor. Esse evento é um marco para Londrina para representar os bateristas daqui. Os bateristas sempre estão atrás do palco, mais reclusos. Aqui, são protagonistas.”  

André Vinicius Bandeira e o filho Francisco: "Esse evento é um marco para Londrina para representar os bateristas daqui" André Vinicius Bandeira e o filho Francisco: "Esse evento é um marco para Londrina para representar os bateristas daqui"
André Vinicius Bandeira e o filho Francisco: "Esse evento é um marco para Londrina para representar os bateristas daqui" |  Foto: Gustavo Carneiro
 

“A gente passou a playlist antes para os músicos, teve um ensaio de alguns (bateristas) âncoras, mas não houve ensaio com todos, mas as baterias, juntas, acabam criando um efeito bem legal”, disse o gerente de Marketing do Boulevard, Pedro Barbosa.  

No palco, três bateristas, um guitarrista, um baixista e um vocalista executaram a playlist, com seis hits de bandas do rock internacional, selecionados a dedo para animar o público que acompanhou o evento. Entre eles, Satisfaction, dos Rolling Stones, We Will Rock You, do Queen, e Back in Black, do AC/DC.  

LEIA TAMBÉM: Festival de Graffiti de Londrina lança livro documental 

Os estudantes Felipe Bueno e João Guilherme Machado Martins frequentam o mesmo colégio, mas não foram os livros que os uniram. “A gente ficou amigo porque gostava das mesmas bandas. A gente passa muito tempo ouvindo as grandes bandas do rock. Meu pai tem muito disco de vinil e o pai dele também tocava quando tinha a nossa idade e foi assim que nós dois aprendemos a gostar”, contou Martins. “Durante a pandemia, a nossa única diversão era um ir para a casa do outro para ouvir música. Poder voltar a ver apresentações ao vivo é muito bom”, comentou Bueno. 

Após o bateraço, o público pode curtir o show da banda Cometz, que apresentou clássicos do rock, hits dos anos 1980 e hard rock.    

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.