|
  • Bitcoin 125.123
  • Dólar 5,0741
  • Euro 5,2058
Londrina

GASTRONOMIA

m de leitura Atualizado em 24/12/2020, 23:03

O chef César Scolari dá receitas para uma ceia com toque paranaense

Finalista do Top Chef, César Scolari cria pratos autorais com frutas secas e ingredientes típicos do Paraná

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 24 de dezembro de 2020

Walkiria Vieira - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Reconhecido nacionalmente pela participação no reality show  Top Chef Brasil, o paranaense César Scolari, 39 anos, conquistou o público e impressionou os jurados pela característica de transformar comida em arte. Para o chef, é fácil cozinhar com ingredientes caros, mas eles não estão à disposição em casa no dia a dia, ainda mais em período de pandemia. Por isso, ele quis criar pratos que pudessem ser reproduzidos por qualquer pessoa. “Mostrei um pouco do interior do Paraná, da roça, e isso me deixou muito feliz”, comemora.

A história com a gastronomia começou de forma despretensiosa, quando decidiu abandonar a graduação em Design para morar em Milão, na Itália, onde viveu durante nove anos. O destino foi escolhido pelo sonho de trabalhar com moda. “Mas, chegando lá, a realidade é outra. Comecei a trabalhar em restaurantes, lavando pratos”, lembra. E foi a partir daí que ele se viu apaixonado pela gastronomia.

César Scolari: chef tem a habilidade de transformar comida em arte César Scolari: chef tem a habilidade de transformar comida em arte
César Scolari: chef tem a habilidade de transformar comida em arte |  Foto: Rafael Frydman/ Divulgação
 

Durante a trajetória no Top Chef, César Scolari acumulou três Facas de Ouro, das cinco provas de eliminação, chegou à final e se destacou pelos pratos autorais e a diversidade da sua cozinha. “O reality me fez me enxergar melhor como pessoa e profissional”, afirma. Apesar de não ter levado o prêmio, ele comemora a repercussão positiva e o carinho que tem recebido.

As experiências com as culinárias italiana, espanhola, mexicana, peruana deram a bagagem necessária para que ele retornasse ao Brasil, em 2013, para chefiar o Empório Guimarães, em Londrina, por cinco anos. “Já no primeiro ano de volta percebi que precisava de formação e fui cursar Gastronomia”, conta. À frente do restaurante londrinense, conquistou selos de qualidade e diversos prêmios. Também atuou como consultor para o Mercado Guanabara. De olho em novas oportunidades e aprendizado, deixou Londrina em 2018 e mudou-se para São Paulo. Na capital paulista, muitas portas se abriram. O chef passou pela Oficina, Padoca do Brique e hoje comanda a cozinha do Veríssimo, um bar temático que faz homenagem ao escritor Luis Fernando Verissimo e fica no Brooklin Novo.

Com a projeção dada pelo reality, o paranaense agora planeja criar uma linha de produtos, como compotas de frutas, além de promover jantares a quatro mãos, dar aulas de food designer e consultorias para restaurantes. O veganismo também é uma área de interesse de Scolari, que trabalha com produtos orgânicos, numa vertente política e sustentável da alimentação.

Receita do chef César Scolari

Imagem ilustrativa da imagem O chef César Scolari dá receitas para uma ceia com toque paranaense Imagem ilustrativa da imagem O chef César Scolari dá receitas para uma ceia com toque paranaense
|  Foto: iStock
 

Mignon suíno recheado de frutas secas e pinhão

Ingredientes: 1kg de mingon suíno; 150 g de pinhão cozido; 100 g de damasco; 100 g de figo seco; 1 dente de alho; 150 ml de vinho branco; Sal; Pimenta

Modo de preparo: Abra o mignon até obter uma manta, tempere com alho, sal e pimenta. Bata o pinhão cozido junto com os damascos e os figos secos, hidratados no vinho branco, até obter uma pasta. Recheie o mignon com a pasta de pinhão, enrole e feche com ajuda de um barbante culinário.Em uma frigideira sele o mignon dourando bem todos os lados. Depois, envolva a carne em papel alumínio e leve ao forno a 180° por 15 minutos. 

Purê de maçã verde

2 cebolas; 4 colheres de manteiga; 6 maçãs verdes; uma pitada de noz moscada

Modo de preparo: Em uma frigideira leve as cebolas picadas e metade da manteiga, refogue bem até a cebola ficar bem dourada. Acrescente as maçãs descascadas, a noz moscada e uma pitada de sal, tampe e deixe cozinhar em fogo baixo até que as maçãs fiquem macias. Bata até obter um creme.

Farofa de Cracóvia

Ingredientes; 1 cebola roxa; 1 pimentão vermelho; 150 g de Cracóvi; 200 g de flocos de milho; 1 dente de alho; salsinha; sal; pimenta

Modo de preparo: Cortar em cubinhos a cebola, pimentão e a cracóvia. Leve em uma frigideira o azeite e a cebola, refogue bem até dourar. Acrescente o alho amassado, pimentão e a cracóvia e refogue bem. Adicione, aos poucos, a farinha de milho e toste bem, acrescente o sal e a salsa. Sirva com folhas de vinagreira e barbecue.