Com coronavírus, emissoras suspendem atrações, ampliam jornalismo e liberam conteúdo pago


Folhapress
Folhapress

As três principais emissoras brasileira estudam mudanças em sua programação a partir desta semana devido ao avanço do coronavírus, que já infectou mais de 230 pessoas no país. Algumas alterações já estão valendo a partir desta segunda-feira (16).


.
. | Pixabay
 


A Globo é a emissora que pode ter mais mudanças. Nesta segunda, já foi suspenso o programa Mais Você, apresentado por Ana Maria Braga, e reduzido o Se Joga, para a ampliação do horário dos telejornais Bom Dia SP, Bom Dia Brasil e Jornal Hoje.




LEIA TAMBÉM:


Após suspensão, SRP descarta Expolondrina em outra data em 2020


Itália enfrenta pandemia com música e solidariedade


Mas as mudanças podem ser ainda maiores a partir desta terça (17). A grade oficial do canal, disponibilizada em seu site, já mostra a suspensão também dos programas Encontro, com Fátima Bernardes, Se Joga e do Esporte Espetacular. A Globo, no entanto, ainda não confirmou oficialmente a mudança.

O apresentador Felipe Andreoli já tinha comentado que não haveria o que comentar no Globo Esporte após a suspensão dos principais torneios do país, como os campeonatos estaduais de futebol e o nacional de vôlei. Além disso, as plateias de programas como Encontro e Faustão já estavam suspensas.

Além dessas medidas, a emissora também estuda como ficarão as transmissões de novelas, já que as gravações de "Amor de Mãe", por exemplo, já foram suspensas. A atriz Juliana Alvez esteve no Encontro e afirmou que as cenas de "Salve-se Quem Puder" ainda estão sendo gravadas, mas não disse não saber até quando.

O Big Brother Brasil 20 também deve ter mudanças nesta terça-feira (17), com o resultado de mais um paredão. O diretor, Boninho, já havia dito que não teria plateia devido ao risco de contaminação pelo covid-19. A coluna Patrícia Kogut, do jornal O Globo, afirmou que só um familiar de cada indicado estará no programa.

RECORD

Apesar das mudanças da Globo, a Record ainda não confirmou se suas novelas terão alguma alteração por conta do avanço do novo coronavírus. A emissora disse apenas que as gravações de "Amor Sem Igual" e "Gêneses" acontecem normalmente, respectivamente no Rio de Janeiro e no Marrocos, na África.

O país africano já anunciou a primeira morte relacionada ao novo coronavírus, de acordo com a emissora portuguesa SIC. O que foi considerado "crítico" pelas autoridades de saúde marroquinas. Os demais programas da Record também seguem sem previsão de mudança, segundo a emissora.

SBT Também segue sem definição a continuidade das gravações de "As Aventuras de Poliana". As gravações da nova fase começaram no início de março quando os casos do coronavírus ainda não eram alarmantes e, mesmo agora, a emissoraainda avalia a continuidade das gravações.

O SBT também avalia o uso de plateia em seus programas de auditório, como o quadro Passa ou Repassa, do Domingo Legal, que no último domingo (15), passou sem plateia, assim como o Roda a Roda Jequiti de sábado (14).

Os programas de Raul Gil, Silvio Santos e A Praça É Nossa não têm gravações marcadas para esta semana. A princípio, as outras gravações com auditório continuam. As caravanistas estão sendo orientadas a não trazerem idosos acima de 65 anos e diz estar disponibilizando álcool e orientando seu pessoal.

PAGO OU STREAMING

Além das mudanças nos canais abertos, alguns canais pagos e serviços de streaming decidiram disponibilizar sua programação gratuitamente por conta da recomendação do governo estadual e da Prefeitura de São Paulo, para que as pessoas permaneçam em casa se necessários.

Os seis canais da Telecine (Premium, Action, Touch, Fun, Pipoca e Cult), que tem programação voltada para exibição de filmes, estarão disponíveis em todas as operadoras de TV por assinatura por tempo indeterminado.

O serviço de streaming do canal, que conta com mais de 2.000 filmes, também estará disponível para uso gratuito por 30 dias para novos assinantes. Entre os destaques exclusivos da plataforma estão "Bacurau" e "Turma da Mônica".

O Globoplay, plataforma de streaming da Globo, também deixará abertos diversos títulos de sua programação por 30 dias, a partir desta segunda-feira. A maioria do conteúdo é infantil, visando as crianças que estarão sem aulas nos próximos dias.

Dentre as operadoras de televisão, a Claro TV divulgou que todos os seus canais -exceto HBO Premium, Fox Premium e canais Pay-Per-View- foram liberados aos clientes no sábado (14) e ficarão disponíveis por tempo indeterminado.

A Sky TV também libera, a partir desta segunda, uma série de canais tanto via sinal aberto, quando via streaming pelo SKY Play, plataforma de vídeo sob demanda da empresa. Dentre os canais estão o A&E, AMC, Animal Planet, Arte 1, AXN, Band News, Band Sports, BBC, Bis, Boomerang, Canal Brasil, Cartoon Network, CNN, CNN Brasil, Comedy Central, Discovery, Discovery H&H, Discovery Kids, E!, GloboNews, GNT, Megapix, MTV, Multishow, Nickelodeon, OFF, Paramount, Sony Channel, SporTV, Universal Channel, Viva e Warner.

Uma iniciativa do Grupo Bandeirantes também fará com que os canais pagos Arte1, BandNews TV, BandSports e Terraviva estejam com sinal aberto nas operadoras de TV Net e Vivo, além das já citadas Claro e Sky. Já o Smithsonian Channel estará com o sinal aberto para os assinantes da Net e Claro. A iniciativa se estende, inicialmente, pelas próximas duas semanas.


LEIA MAIS:


Regina Duarte estuda medidas para ajudar cultura em meio ao coronavírus




Met Gala é adiado por causa da pandemia de coronavírus


Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo