|
  • Bitcoin 123.661
  • Dólar 5,1592
  • Euro 5,3204
Londrina

Estadual

m de leitura Atualizado em 31/01/2022, 09:31

Londrina tem o melhor início de Paranaense dos últimos sete anos

Líder com 100% de aproveitamento, Tubarão volta a campo na quinta para enfrentar o Athletico

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 31 de janeiro de 2022

Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Nem o mais otimista torcedor alviceleste esperava um início de Campeonato Paranaense tão empolgante assim do Londrina. O time fechou a terceira rodada com 100% de aproveitamento e na liderança do Estadual, com 9 pontos. O Cascavel ficou no empate contra o Cianorte (0 a 0), domingo à noite, em Maringá, e está com 7. 

O capitão João Paulo marcou o seu primeiro gol no ano e garantiu a vitória do LEC em Pato Branco O capitão João Paulo marcou o seu primeiro gol no ano e garantiu a vitória do LEC em Pato Branco
O capitão João Paulo marcou o seu primeiro gol no ano e garantiu a vitória do LEC em Pato Branco |  Foto: Ricardo Chicarelli/LEC
  

A vitória no sábado (29), por 1 a 0 sobre o Azuriz, em Pato Branco, fez o LEC igualar o seu melhor início de Paranaense dos últimos sete anos. A última vez que o Tubarão havia começado o Estadual com três vitórias foi em 2015. 

Naquela oportunidade, venceu o Foz do Iguaçu por 3 a 0, Nacional por 1 a 0 e o Maringá por 2 a 0. Agora, além do Azuriz, o Tubarão tinha ganho do Maringá e do São-joseense. Como comparação, no ano passado, quando o LEC acabou ficando com o título, a primeira vitória veio apenas na oitava rodada. 

Leia mais

LEC vence a terceira e se isola na liderança do Paranaense 

De olho na série B, LEC traz mais três reforços

O próprio técnico Vinícius Eutrópio reconheceu uma certa surpresa pelo início positivo, em razão dos diversos problemas enfrentados no período de preparação. "Surpreende pelas nossas adversidades, que foram grandes e que ainda temos. Pouco tempo para trabalhar, sem jogo-treino, atletas com Covid, sintomas pós doença. Mas conseguimos administrar bem e os resultados estão vindo por causa do grupo de apoio que temos e pela compreensão e entrega dos jogadores", frisou após a vitória em Pato Branco. 

Elenco

A campanha positiva respalda o trabalho do técnico Vinícius Eutrópio e dá tranquilidade ao treinador para poupar alguns atletas que ainda buscam a melhor condição física. Em Pato Branco, os titulares Rafael França, Eltinho e Jhonny Lucas iniciaram a partida no banco de reserva. O LEC fez três jogos em um intervalo de sete dias.

Com isso, ganharam a oportunidade de começar jogando o lateral Samuel Santos, que fez a sua estreia, Felipe Vieira e o volante Ratinho. Eltinho e Jhonny Lucas entraram no segundo tempo. 

"Tivemos que mesclar para evitar possíveis lesões e o grupo mostrou força. Quem começou jogando foi bem e entendeu o que a partida exigia. Um jogo de pegada, pressão e o nosso time mostrou mais uma vez maturidade", ressaltou. 

O gol da vitória alviceleste foi marcado pelo capitão João Paulo, que cobrou pênalti aos 34 minutos do segundo tempo. O treinador elogiou o volante londrinense. "É um líder dentro e fora de campo, com identidade com o clube e a cidade, sem falar na sua qualidade dentro de campo", exaltou. 

Semana

Vinícius Eutrópio terá um pouco mais de tempo para recuperar a equipe e entrosar este time. O Londrina volta a campo pelo Paranaense na quinta-feira (3), às 21h30, diante do Athletico, no estádio do Café. O rubro-negro, que utilizando time sub-23, vem de empates contra Maringá, fora, e São-joseense, em casa. No domingo (6), o LEC encara o FC Cascavel, no estádio Olímpico. 

BAIXA PRODUÇÃO OFENSIVA JÁ PREOCUPA O "VENTANIA"

Próximo adversário do Londrina, nesta quinta-feira (3), o Athletico está preocupado com a sua baixa produtividade ofensiva. Usando jogadores sub-23, como é de praxe no rubro-negro em se tratando de Campeonato Paranaense, a equipe vem de dois empates sem gols, contra Maringá, fora, e São-joseense, em casa. Na estreia, o “Ventania” havia vencido o Paraná por 1 a 0, na Arena da Baixada.   

Em entrevista coletiva concedida após o tropeço contra o caçula São-joseense, na Arena, no último sábado (29), o técnico James Freitas creditou o mau desempenho da equipe neste início de competição à inexperiência da maioria dos jogadores. “Criando a equipe está, mas precisamos refinar esse último toque, a finalização. Acredito que à medida que os jogos vão transcorrendo, vamos buscar um melhor aprimoramento", disse. Contra o time de São José dos Pinhais, o Athletico jogou com Anderson; Matheus Felipe (João Vialle), Luan Patrick e Lucas Frasson; Julimar, Pablo Siles (Reinaldo), Juninho e Pedrinho; João Pedro (Davi Araújo), Rômulo (Jonathan) e Jader (Daniel Cruz). (Reportagem Local

Receba nossas notícias direto no seu celular, envie, também, suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link