|
  • Bitcoin 101.315
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

Paranaense

m de leitura Atualizado em 14/03/2022, 00:45

Em estreia vitoriosa, Adilson Batista elogia LEC diante do Athletico

Tubarão fez 1 a 0 no Café e abriu vantagem nas quartas de final do Paranaense; jogo da volta será na Arena da Baixada

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 14 de março de 2022

Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

A troca no comando surtiu efeito e o Londrina mostrou uma outra postura na estreia do técnico Adilson Batista. O bom desempenho foi a marca da vitória por 1 a 0 sobre o Athletico, no domingo (13), no estádio do Café, pela partida de ida das quartas de final do Campeonato Paranaense.

Com o gol diante do Athletico, Eltinho chegou a três gols na temporada Com o gol diante do Athletico, Eltinho chegou a três gols na temporada
Com o gol diante do Athletico, Eltinho chegou a três gols na temporada |  Foto: Ricardo Chicarelli/LEC
  

O gol alviceleste foi marcado pelo lateral Eltinho, escalado pelo treinador como meia para suprir a falta de um camisa 10 no elenco. Com o triunfo, o LEC jogará pelo empate no confronto da volta, no domingo (20), na Arena da Baixada. O rubro-negro, que joga com time sub-23, precisará vencer por dois de diferença para chegar à semifinal. Em caso de vitória simples do Furacão, a disputa vai para os pênaltis.

“Tivemos uma disciplina, uma vibração, uma organização e compreensão em cima do que foi trabalhado, por isso, só tenho que parabenizar o grupo pelo desempenho”, frisou o técnico Adilson Batista, que voltou a trabalhar após dois anos. “Cumprimos quase tudo que traçamos, sobretudo no primeiro tempo, quando tivemos contra-ataques, bola na trave e chances de ampliar”.

Surpresa na escalação, Eltinho foi um dos melhores em campo, além de ter definido o jogo ao marcar o gol da vitória aos nove minutos do primeiro tempo, após linda jogada de Caprini. Batista ressaltou que a opção pela mudança foi por conhecer bem o jogador e pela sua qualidade.

“Conheço o Eltinho desde o Cruzeiro, o Avaí. Tem qualidade para jogar nesta função e foi bem. A ideia era dar liberdade também para o Felipe (Viera) e buscarmos triangulações, com Eltinho fechando pelo meio e as coisas funcionaram”, analisou. Outra aposta do treinador foi a escalação de Thiago Ribeiro no lugar de Salatiel.

A torcida aplaudiu muito o time no fim da partida e reconheceu o bom jogo que o Alviceleste fez diante de um rival que jogou com o time de aspirantes, mas mostrou atletas de qualidade e uma equipe bem ajustada.

“É cedo ainda, vamos devagar, mas abre uma expectativa e uma esperança de termos um time competitivo para agradar ao torcedor. Temos um jogo importante lá, temos uma vantagem e precisamos saber usar. É um jogo mais acelerado, com gramado rápido e temos que ter muita atenção”, completou Batista.

LEIA TAMBÉM:

Torcedor confia, mas quer reforços para a Série B

Jogo

O Athletico começou melhor a partida, mas não conseguia finalizar. Na primeira jogada ofensiva o Londrina chegou ao gol. Linda jogada na ponta direita de Caprini, que passou por dois marcadores e cruzou rasteiro. Eltinho acompanhou a trajetória da bola e finalizou de dentro da área para abrir o placar.

O Tubarão tomou conta da partida e poderia terminar o primeiro tempo com um placar mais elástico. O centroavante Douglas Coutinho teve três chances para ampliar. Em duas apareceu bem o goleiro Anderson e, na outra, Coutinho acertou o travessão após um cabeceio forte.

Defensivamente o time não sofreu sustos. Matheus Nogueira, que saiu machucado aos 20 minutos, e Matheus Albino, o substituto, pouco trabalharam. No segundo tempo, a partida foi mais equilibrada e o LEC sentiu o cansaço. O técnico Adilson Batista fez mais três alterações para dar um fôlego novo, com as entradas de Victor Daniel, Danilo e Salatiel.

O Athletico mexeu quatro vezes e quase empatou em duas oportunidades. Na primeira, Christian acertou a trave e, na segunda, Matheus Albino fez grande defesa em finalização do centroavante Romulo. O atacante, artilheiro do Estadual, inclusive, pode ser reforço do Tubarão na Série B.

A última chance de ampliar, no entanto, foi do Londrina. Salatiel puxou contra-ataque e arrematou da entrada da área. A bola, caprichosamente, pegou no pé da trave e a seca de gols do centroavante continua na temporada.

EM LONDRINA

LONDRINA 1

Matheus Nogueira (Matheus Albino); Samuel Santos, Augusto, Saimon e Felipe Vieira; João Paulo, Jhonny Lucas e Eltinho (Danilo); Thiago Ribeiro (Victor Daniel), Douglas Coutinho (Salatiel) e Caprini. Técnico: Adilson Batista

ATHLETICO 0

Anderson; Dani Bolt, Matheus Felipe, Zé Ivaldo e Pedrinho; Pablo Siles, Juninho, Christian (João Pedro) e Jader; Romulo (Daniel Cruz) e Julimar (Davi). Técnico: Wesley Carvalho

Árbitro: Leonardo Ferreira Lima

Estádio: do Café

Gol: Eltinho, aos nove minutos do primeiro tempo

Expulsão: Pierre, aos 47 minutos do segundo tempo

Renda:  R$ 53.850,00

Público: 1.745 (Pagantes: 1.542)

Receba nossas notícias direto no seu celular, envie, também, suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link