|
  • Bitcoin 102.295
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

Cidades

m de leitura Atualizado em 23/06/2022, 16:04

UTFPR em Apucarana suspende aulas e obriga o uso de máscaras

Casos de Covid entre alunos motivaram a suspensão das atividades presenciais ; instituição não divulgou número de infectados

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 23 de junho de 2022

Micaela Orikasa - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

Foto: Divulgação/UTFPR Apucarana
menu flutuante

As aulas presenciais no campus da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná) em Apucarana (Centro-Norte) estão suspensas até esta sexta-feira (24), em razão do aumento do número de casos de Covid-19 entre os alunos da instituição. A determinação teve início na quarta (22).  

De acordo com a direção da instituição, cerca de 200 alunos teriam participado no último fim de semana,  em Cascavel (Oeste),  de um evento esportivo que reuniu estudantes dos cursos de engenharias de várias universidades do Estado. Alguns deles começaram a apresentar sintomas na segunda (20).  

Não foi divulgado o número de casos confirmados e a decisão, segundo nota publicada pela UTFPR, “tem o objetivo de resguardar a saúde da comunidade acadêmica e manter o controle epidemiológico da doença. A orientação é que os alunos sintomáticos procurem as unidades básicas de saúde do município para a realização do teste rápido.” 

Leia também:

Adolescente morre após briga na saída do colégio em Apucarana

+ 4ª dose da vacina contra Covid é liberada em Londrina

A medida foi anunciada pela direção-geral do campus, juntamente com a obrigatoriedade do uso de máscaras até o fim deste semestre letivo, em 6 de julho. Com a suspensão, os estudantes estão participando das aulas remotamente. As  demais atividades no campus,  como os setores administrativos, restaurante universitário e a biblioteca, seguem em funcionamento.

Todos as atividades devem retornar à normalidade na segunda-feira (27). Atualmente, a UTFPR em Apucarana possui 1.889 estudantes matriculados em sete cursos de graduação e um de mestrado.  

UEL

O Ato Executivo 36/2022 que determina o uso de máscaras em ambientes fechados no campus da UEL (Universidade Estadual de Londrina) tem validade até semana que vem, dia 30 de junho. A FOLHA procurou a universidade para saber se a medida será renovada por mais um período e aguarda um retorno.  

O documento passou a valer no dia 28 de maio e obriga também o uso do acessório para indivíduos que apresentarem sintomas respiratórios, tanto em ambientes abertos como fechados. Nas áreas externas do campus, o uso de máscara é recomendado. A assessoria de comunicação da UEL informou que há cerca de 60 dias, algumas turmas tiveram que suspender as aulas presenciais por alguns dias, mas que no momento a situação epidemiológica se mostra controlada.  

Conforme o monitoramento do Serviço de Vigilância da COVID-19 da UEL e o Plano de Contingência, quando há um caso de suspeita ou confirmação da doença em determinada turma, o professor deve ser imediatamente comunicado para que tal conhecimento chegue às demais instâncias acadêmicas.  

****

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1