|
  • Bitcoin 121.615
  • Dólar 5,0547
  • Euro 5,2170
Londrina

Cidades

m de leitura Atualizado em 20/07/2022, 16:16

Londrina começará a vacinar crianças de 3 e 4 anos no sábado

UBS do Ouro Branco vai abrir para imunizar público infantil contra Covid; apenas 700 pessoas nessa faixa etária foram cadastradas

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 20 de julho de 2022

Pedro Marconi - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

Foto: Gilson Abreu/AEN
menu flutuante

A secretaria municipal de Saúde vai fazer uma ação no sábado (23) para marcar o início da vacinação contra a Covid-19 de crianças de três e quatro anos. No fim de semana, a UBS (Unidade Básica de Saúde) do parque Ouro Branco, na região sul de Londrina, vai abrir exclusivamente para imunizar o público infantil, das 8h às 14h, horário que poderá ser ampliado, dependendo da demanda. Para este dia são ofertadas 500 vagas e é necessário fazer agendamento no site www.londrina.pr.gov.br/. 

Na semana passada, o município havia liberado o cadastramento das crianças, entretanto, apenas 700 meninos e meninas foram inscritos. “É um número bastante baixo. Temos um universo de aproximadamente 12 mil crianças na faixa etária de três a quatro anos. Esperamos que com o início da vacinação, neste sábado, consigamos gradativamente aumentar a cobertura vacinal das crianças”, projetou Felippe Machado, secretário municipal de Saúde. 

LEIA TAMBÉM:

Paraná libera vacinação de crianças a partir de 3 anos

Secretaria da Mulher de Londrina realizou 4 mil atendimentos em 6 meses

Para atrair o público infantil serão feitas atividades lúdicas no posto do Ouro Branco com brincadeiras, decoração e personagens de filmes e desenhos. Além disso, as famílias que estiverem com alguma dose do imunizante anticovid atrasada poderão receber a proteção. “Vamos aproveitar para vaciná-los sem obrigatoriedade de ter o agendamento. Nossas equipes vão fazer essa abordagem a todos que forem acompanhar as crianças, para que também possamos aumentar a cobertura vacinal nas outras faixas etárias”, explicou. 

A partir da semana que vem as doses para crianças serão disponibilizadas em todas as unidades básicas. A Saúde ainda pretende fazer uma campanha para incentivar os pais a vacinarem os filhos. “Essa faixa etária é o nosso maior público dentro da educação infantil. Tão logo as aulas retornem faremos uma ação em conjunto com a Educação de divulgação e conscientização para informar os pais sobre a importância da vacina contra a Covid neste momento”, destacou. 

SEGUNDA DOSE 

Na última terça-feira (19), o Ministério da Saúde encaminhou nota técnica à Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) orientando que o intervalo entre a primeira e segunda dose para as crianças deve ser de 28 dias. O imunizante que pode ser utilizado é o Coronavac/Butantan, que teve a aplicação nesse público autorizada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) após a comprovação de eficácia nos estudos preliminares.  

Já aqueles maiores de cinco anos devem ser imunizados com Pfizer. De acordo com a secretaria de Estado da Saúde, os municípios paranaenses têm cerca de 290 mil doses de Coronavac em estoque. 

VACINÔMETRO 

Dados atualizados do “vacinômetro” estadual indicam que Londrina tem, levando em conta a população total calculada pelo IBGE, 83% das pessoas vacinadas com uma dose, 77% com a segunda, 51% com a terceira e somente 1,58% com a quarta, que é para quem tem mais de 40 anos.  

“Durante toda a campanha de vacinação a gente sempre observou altos e baixos em relação à procura. Coincidentemente, cada vez que a gente observa um aumento no número de casos e na hospitalização as pessoas voltam a ser movidas pelo senso de urgência a procurar completar o esquema vacinal”, comentou Machado. Desde o início da pandemia a cidade acumula 146.694 casos confirmados da doença, com 143.719 curados e 2.580 mortos. 

****

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.