|
  • Bitcoin 121.481
  • Dólar 5,0538
  • Euro 5,2302
Londrina

Cidades

m de leitura Atualizado em 19/07/2022, 21:33

Paraná libera vacinação de crianças a partir de 3 anos

Os municípios do Paraná têm 290 mil doses contra Covid em estoque; orientação do MS é começar pelas crianças imunocomprometidas

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 19 de julho de 2022

Reportagem local
AUTOR autor do artigo

Foto: Divulgação- Sesa
menu flutuante

Curitiba- O Ministério da Saúde encaminhou ao Paraná nesta terça-feira (19) a Nota Técnica Nº 213/2022 , que orienta o processo de vacinação de crianças de 3 e 4 anos contra a Covid-19 com o imunizante Coronavac/Butantan. Com a publicação, a medida recebe detalhamentos e indicações sobre a imunização do novo público.

De acordo com o documento, é recomendado que o início da vacinação aconteça de forma gradual para todas as crianças, iniciando pelas imunocomprometidas, seguida pela imunização de maneira decrescente.

Há, ainda, orientação de um intervalo de 28 dias para a aplicação da segunda dose para este grupo. 

Crianças acima de 5 anos devem ser imunizadas com a vacina Pfizer, nos esquemas já recomendados, conforme a Nota Técnica.

A aplicação nesse público foi liberada para a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) após a comprovação da eficácia dos estudos preliminares. 

Para crianças de 3 anos ou mais, a vacina CoronaVac começou a ser utilizada em diferentes partes do mundo em 2021. Entre os países que aprovaram a sua utilização para o público infantil estão China, Hong Kong, Indonésia, Chile, Equador, Camboja e Colômbia.

Os municípios do Paraná têm cerca de 290 mil doses em estoque. A orientação do governo federal é para que estados e municípios façam a gestão dos quantitativos disponíveis dessa vacina em seus estoques, com o intuito de garantir a segunda dose com o intervalo de 28 dias, até que os estoques sejam restabelecidos. (Com informações da AEN)

****

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1