|
  • Bitcoin 108.973
  • Dólar 5,2645
  • Euro 5,5376
Londrina

Cidades

m de leitura Atualizado em 02/06/2022, 16:32

Faixa de ônibus é liberada para os veículos das 9h às 16h na Duque

Prefeitura promete atender outra demanda dos comerciantes e recapear a avenida da BR-369 até a região do prédio do Executivo

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 02 de junho de 2022

Pedro Marconi - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

Foto: Pedro Marconi - Grupo Folha
menu flutuante

A CMTU (Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização) liberou nesta quinta-feira (2) a faixa exclusiva de ônibus na avenida Duque de Caxias, no centro de Londrina, para os outros veículos. A medida vale para o trecho entre as avenidas Leste-Oeste e Juscelino Kubitschek – totalizando 1,3 quilômetro de extensão - e no horário das 9h às 16h. Anteriormente, os carros só poderiam utilizar o corredor do transporte coletivo antes das 7h e após as 19h.   

Vários cartazes foram colocados ao longo do percurso para alertar os motoristas da novidade. Além disso, agentes da companhia também realizaram um trabalho de conscientização. Mesmo assim, muitos condutores ainda mostravam reticência em usar a faixa. “Foi tanto tempo com essa parte restrita na maior parte do dia que vai demorar acostumar. Até demoraram para liberar, porque o trânsito fica caótico no fim de tarde”, comentou o entregador André Ribeiros das Neves.  

A canaleta para os ônibus foi criada na avenida há cerca de 12 anos. “Fizemos a verificação que entre 9h e 16h temos o entre pico do transporte coletivo, ou seja, consiste na passagem de menos ônibus, menos linhas e acabamos, dentro desse estudo, conduzindo de forma que pudéssemos fazer a mudança. Acreditamos que vai melhorar o deslocamento das pessoas que precisam passar pela Duque e trazer mais atratividade para o comércio”, destacou Marcelo Cortez, presidente da CMTU. 

VEJA TAMBÉM: Projeto resgata a história da avenida Duque de Caxias

O próximo passo é a implantação da Zona Azul na Duque de Caxias, também entre a Leste-Oeste e a JK. A companhia informou que o esboço está quase finalizado, entretanto, há uma dificuldade em relação as informações que vão constar nas placas que serão instaladas, já que enquanto o fluxo da faixa de ônibus estiver liberado haverá estacionamento rotativo e no início da manhã e final da tarde não. Ainda não foi definido o número de vagas. “Com a liberação já falamos com a Epesmel (Escola Profissional e Social do Menor de Londrina) - administradora da Zona Azul -, que está preparada para começar a operação”, afirmou. 

revitalização

Durante evento no Sesc Cadeião para formalizar a liberação do corredor do transporte coletivo, empresários com comércio na avenida Duque de Caxias apresentaram outras demandas para os representantes da prefeitura. "Minha empresa tem 32 anos e temos observado a degradação da avenida, o mal cuidado pelas autoridades. Chegamos a vários pontos que vinham atrapalhando. Pautamos as necessidades. Agora queremos uma revitalização, recapeamento, troca de árvores", citou Luiz Carlos Euzébio, que faz parte do Núcleo Nossa Duque, formado no programa Empreender, da Acil (Associação Comercial e Industrial de Londrina). 

Outra preocupação dos comerciantes era a possibilidade de duplicação da via, entretanto, o poder público garantiu que o projeto será arquivado. Caso fosse construída uma nova pista de rolamento, mais de 70 imóveis teriam que ser desapropriados. 

NOVO ASFALTO 

Segundo o prefeito Marcelo Belinati, a Duque de Caxias receberá nova pavimentação asfáltica em praticamente toda sua extensão, indo da BR-369 até a região da prefeitura. A intervenção deve custar mais R$ 1,5 milhão, verba que foi assegurada por meio de emenda parlamentar e que terá contrapartida municipal.  

"Só vamos analisar alguns pontos onde não há necessidade de recapear. Deve começar nos próximos dias. Já temos o projeto de recape e a empresa contratada, falta só dar o start", explicou o chefe do Executivo londrinense, que preferiu não definir uma data para início da obra. 

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.