|
  • Bitcoin 123.538
  • Dólar 5,1592
  • Euro 5,3109
Londrina

Cidades

m de leitura Atualizado em 02/06/2021, 17:31

CMTU bloqueia 61 cartões de usuários com Covid

Medida começou em 28 de abril e tem o objetivo de evitar a circulação de pessoas infectadas

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 02 de junho de 2021

Reportagem local
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Sessenta e um cartões de usuários do transporte coletivo de Londrina infectados pelo coronavírus ou com termo de isolamento vigente por suspeita de contaminação foram inativados. A medida que estabelece o procedimento de segurança sanitária está em vigor desde 28 de abril.

Imagem ilustrativa da imagem CMTU bloqueia 61 cartões de usuários com Covid Imagem ilustrativa da imagem CMTU bloqueia 61 cartões de usuários com Covid
|  Foto: Gustavo Carneiro - Grupo Folha
 

Do total de cartões bloqueados, 42 foram reativados após o término do período de restrição previsto pela Secretaria Municipal de Saúde. Outros 19 dispositivos seguem suspensos e seus titulares permanecem impedidos de acessar os ônibus.

LEIA TAMBÉM:

Com saúde sobrecarregada, atendimentos Covid têm mudanças em Londrina

A proibição é válida por dez dias, contados a partir do início dos sintomas ou da data de coleta do exame RT-PCR nas unidades de atendimento espalhadas pela cidade. Decorrido esse período, a medida é revertida automaticamente, sem que o usuário precise recorrer à CMTU (Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização) ou aos pontos de venda de créditos.

O objetivo da ação é evitar a circulação de pessoas que entraram em contato com o vírus, sobretudo no intervalo em que elas deveriam ficar em casa para conter a transmissão da doença.

O pedido de bloqueio veio da Promotoria de Defesa do Consumidor em Londrina. A proposta, feita à Secretaria de Saúde e CMTU, que analisaram e acataram a viabilidade da demanda, foi formulada em reunião realizada no começo de abril.

Após o encontro, o Município definiu a dinâmica da suspensão temporária e a pasta da Saúde começou a emitir relatórios diários com as informações dos pacientes que deram entrada no sistema. De lá para cá, 3.375 nomes foram repassados para averiguação da CMTU, 61 dos quais de usuários do transporte coletivo. (Com informações da CMTU)

 Receba nossas notícias direto no seu celular. Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1