|
  • Bitcoin 103.413
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

Saúde

m de leitura Atualizado em 14/02/2022, 12:30

Universidade oferece atendimento gratuito a asmáticos

Instituição londrinense dá orientações para adultos com a doença que desejam iniciar uma atividade física

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 14 de fevereiro de 2022

Reportagem local
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Você tem asma e faz uso de medicação, não faz atividade física, mas tem vontade? . A Unopar através do doutorado em Ciência da Reabilitação, ligado ao curso de fisioterapia da universidade, está ofertando gratuitamente orientação para os adultos asmáticos que desejam iniciar uma atividade física.

Imagem ilustrativa da imagem Universidade oferece atendimento gratuito a asmáticos Imagem ilustrativa da imagem Universidade oferece atendimento gratuito a asmáticos
|  Foto: iStock
 

Antes de iniciar no programa o paciente passa por uma avaliação de saúde que contempla testes de função pulmonar, capacidade de exercício, qualidade de sono, nível de atividade física, que são realizadas individualmente.

O coordenador do curso de fisioterapia da Unopar, André Gil, explica que o programa possui dois núcleos 100% on-line, um com orientação individual semanal e outro com aulas gravadas, em que o paciente irá passar por reavaliações físicas a cada três meses.

“O objetivo deste projeto é incentivar a realização de atividade física nas pessoas que sofrem com a asma, ajudando o paciente a controlar o problema respiratório e consequentemente aumentando a qualidade de vida dos asmáticos”, explica o docente.

LEIA TAMBÉM:

Paranaense recebe 'pâncreas artificial' para controle do diabetes 

COMO PARTICIPAR

Para participar do projeto da universidade os interessados devem ter mais de 18 anos e mandar uma mensagem de whatsapp para o telefone (43) 9 9964-6480, para agendar o dia e horário para a realização dos testes físicos necessário para iniciar no programa. (Com informações da Unopar)

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1