|
  • Bitcoin 121.291
  • Dólar 5,0427
  • Euro 5,2130
Londrina

Política

m de leitura Atualizado em 31/07/2022, 20:05

PT do PR acusa uso de carros oficiais em convenção do PSD

Coligação analisa imagens de veículos próximo ao local do evento para entrar com representação eleitoral por conduta vedada a agente público

PUBLICAÇÃO
domingo, 31 de julho de 2022

Marcos Roman - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

A assessoria jurídica da coligação “Paraná da Esperança”, que tem  Roberto Requião (PT) como candidato ao cargo de governador do Paraná, está investigando imagens de carros oficiais que teriam sido utilizados na convenção partidária do PSD realizada no último sábado (30). A suspeita de irregularidade se ampara em fotografias registradas em um estacionamento da cidade de Pinhais (Região Metropolitana de Londrina), onde o evento ocorreu. 

Leia mais: Ratinho Jr. confirma candidatura e apoio a Paulo Martins ao Senado

Conforme informações divulgadas pela assessoria do PT (Partidos dos Trabalhadores) no Paraná, dentre os veículos usados na convenção do PSD estão uma camionete do Hospital Municipal de Kaloré (PR), além de automóveis pertencentes ao Fundo Estadual de Saúde do Paraná e a prefeituras de outros municípios paranaenses. 

De acordo com a assessoria jurídica do PT PR, se o fato for comprovado o partido pretende entrar com representação eleitoral por conduta vedada a agente público e infração ao artigo 73 da Lei Eleitoral n° 9504/97. 

A reportagem tentou contato com o presidente do PT PR, o deputado estadual Arilson Chiorato. A assessoria de imprensa do parlamentar informou que ele não se pronunciaria sobre o fato pois estava na estrada a caminho de Curitiba na tarde de domingo (31). Já a assessoria de imprensa do PSD informou que o partido está apurando a situação, deixou claro que os governo do Estado não apoia esse tipo de conduta e que a responsabilidade deve ser cobrada das respectivas prefeituras envolvidas no caso.  

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link