|
  • Bitcoin 105.223
  • Dólar 5,2228
  • Euro 5,4757
Londrina

Política

m de leitura Atualizado em 08/06/2022, 20:09

Mesmo com lei proibindo, Sertanópolis gasta R$ 60 mil com fogos

Show pirotécnico foi promovido pela prefeitura durante aniversário do município e também está previsto para o Réveillon

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 08 de junho de 2022

Rafael Machado - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

Foto: Arquivo FOLHA
menu flutuante

A Prefeitura de Sertanópolis (Região Metropolitana de Londrina) está gastando R$ 61 mil com fogos de artifício para duas festas: o aniversário da cidade, comemorado na última segunda-feira (6), e o Réveillon 2023. Mas a compra infringe uma lei do próprio município que proíbe a soltura desse tipo de produto com barulho. 

Imagem ilustrativa da imagem Mesmo com lei proibindo, Sertanópolis gasta R$ 60 mil com fogos Imagem ilustrativa da imagem Mesmo com lei proibindo, Sertanópolis gasta R$ 60 mil com fogos
|  Foto: Arquivo FOLHA
 

A legislação foi sancionada no dia 2 de abril de 2019 pelo ex-prefeito Aleocídio Balzanelo, conhecido como Tide (PDT). Segundo a determinação, foram proibidas a "utilização, queima, soltura e manuseio de fogos, artefatos, rojões e foguetes que causem poluição sonora, como estouros e estampidos, em locais públicos e privados". Em consulta ao Portal da Transparência, a FOLHA confirmou que a lei está em vigor. 

LEIA MAIS

Prefeitura de Sertanópolis vai gastar R$ 43 mil com kits pizza para servidores

A licitação foi dividida em dois lotes e uma empresa de Umuarama, a Mundial Fogos Ltda., foi declarada vencedora. Da despesa total, R$ 24.878,32 foram aplicados na comemoração de 88 anos, realizada durante o evento chamado Expo Sertão, que ocorreu no final de semana passado e reuniu artistas famosos do segmento sertanejo. 

A terceirizada ficou responsável em adquirir diferentes tipos de fogos. A FOLHA apurou com uma das fornecedoras que eles são barulhentos. A confirmação também veio em uma postagem da própria prefeitura na conta oficial do Instagram. O vídeo mostra o show pirotécnico no Lago Tabocó, um dos principais pontos de lazer da cidade, e dois jovens filmando o espetáculo por meio de um drone. Veja abaixo:

 

Segundo o contrato, o pagamento será feito até 30 dias a partir da entrega dos materiais comprados. O gasto maior será no final do ano. A Mundial Fogos receberá R$ 36.126,64 para fornecer artefatos com efeitos visuais variados na virada de 2022 para 2023. A reportagem não conseguiu contato com representantes da instituição. 

LEIA MAIS

Sem fiscais o suficiente, cai número de multas por fogos com barulho

A lei ordena que "a constatação da existência do material proibido implicará imediatamente na apreensão pelo poder público municipal". Procurada para comentar o assunto, a prefeita Ana Ruth Secco (PSB) não quis dar entrevista. 

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1