|
  • Bitcoin 103.514
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

Política

m de leitura Atualizado em 08/06/2022, 19:06

Após dois dias, quatro deputados do PR são reconduzidos aos cargos

Recondução ocorre após decisão da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal que manteve cassação do deputado Fernando Francischini (União)

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 08 de junho de 2022

Reportagem local
AUTOR autor do artigo

menu flutuante
Imagem ilustrativa da imagem Após dois dias, quatro deputados do PR são reconduzidos aos cargos Imagem ilustrativa da imagem Após dois dias, quatro deputados do PR são reconduzidos aos cargos
|  Foto: Dalie Felberg/Alep
 

Em menos de 48 horas, a Comissão Executiva da Assembleia Legislativa do Paraná reconduziu aos cargos, nesta quarta-feira (08), os deputados Nereu Moura (MDB), Elio Rusch (União), Adelino Ribeiro (PSD) e Pedro Bazana (PSD), após recebida, no final da tarde, a notificação do Supremo Tribunal Federal, assinada pelo ministro Kássio Nunes Marques.

Na terça-feira (07) a Segunda Turma do STF cassou a liminar do ministro Nunes Marques que derrubava a determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que cassou o mandato do deputado Fernando Francischini (União Brasil).

Para o presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano (PSD), a situação deve ficar pacificada a partir desta decisão do STF. “Tomamos toda a cautela. Não demitimos os servidores dos deputados que deixaram os cargos anteriormente. Não vamos fazer pagamento aos deputados empossados por dois dias, o que seria uma incoerência da nossa parte, e, portanto, o trâmite das coisas continuou dentro da normalidade”, afirmou. “Acredito que a partir de agora tenhamos a situação pacificada. Creio que não haverá espaço para qualquer medida jurídica que possa intervir novamente nessa decisão do STF. Acho que não teremos nenhum fato novo. Dou como fato encerrado com a decisão de terça-feira”, completou.

Leia mais: https://www.folhadelondrina.com.br/politica/traiano-diz-que-al-nao-teve-custos-com-deputados-reempossados-3206542e.html

A recondução foi assinada pelos deputados de forma eletrônica. Para o deputado Nereu Moura a ordem foi restabelecida. “A gente não tinha dúvida de que a justiça iria prevalecer. Toda essa reviravolta é muito ruim para o Poder Judiciário que acaba perdendo credibilidade perante a opinião pública. Acredito ser bem difícil que o plenário do STF mude esse cenário. Qualquer recurso que caia no plenário vai ser infrutífero, acho que esse assunto está liquidado”, disse. “Mas enfim, foi restabelecida a normalidade. Vida que segue e vamos continuar lutando pelo Paraná”, concluiu.

O deputado Adelino Ribeiro agradeceu o apoio recebido e destacou que mantem o foco no trabalho pelos paranaenses. “Estou feliz em poder retornar à Assembleia Legislativa. Estou motivado e preparado para cumprir com o nosso trabalho. Não sou de ficar torcendo contra ninguém, mas é uma determinação da Justiça, que ao meu ver foi correta, então acolho e retorno ao meu trabalho com muita força. Nos últimos sete meses tivemos a oportunidade de realizar muita coisa, foi muito importante e espero poder concluir esse mandato cumprindo com aquilo que a sociedade sempre esperou de nós. Agradeço a todos que nos apoiaram, que estiveram ao meu lado nesse momento difícil e peço à Deus que nos abençoe para que possa concluir de forma positiva o mandato”.  (Com informações da assessoria de imprensa da ALEP). 

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1