|
  • Bitcoin 105.133
  • Dólar 5,2155
  • Euro 5,4507
Londrina

Opinião

m de leitura Atualizado em 09/06/2022, 15:58

OPINIÃO DO LEITOR - Desgraça pouca é bobagem

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 10 de junho de 2022


AUTOR autor do artigo

Foto: iStock
menu flutuante

Até que, ultimamente, o STF vinha dando um pouco de lucidez nas suas considerações e determinações e aí o (des)presidente Jair 

Messias Bolsonaro resolve designar uma nova "batata podre" para compor o colegiado, ou seja, o submisso e baba-ovo Kassio Nunes 

Marques. Nem para advogado de plantão em portas de delegacia ele demonstra ter postura e conhecimento. É um zero, indicado por um zero e quem leva no zero somos nós. 

Luiz Alberico Piotto (servidor público)- Cambé

Leia mais: https://www.folhadelondrina.com.br/geral/serie-de-podcast-banco-dos-reus-chega-ao-terceiro-episodio-3206580e.html

Contra as mulheres

Muito esclarecedor o artigo "Mulheres na política contra as mulheres" (Espaço Aberto, 7/6), da dra Mary Neide Damico Figueiró. Sempre achei que a opinião sobre o assunto deveria ser das mulheres que são as que vivem o problema. Nós, homens, também podemos emitir nossa opinião, mas com peso menor, pois o corpo que sofre é o corpo da mulher e quem morre nas clínicas clandestinas de aborto é uma mulher, geralmente, pobre. Com a descriminalização do aborto, políticas mais humanitárias poderiam ser adotadas. Com a pesquisa divulgada, realmente fica claro que ter mulher na política não ajuda na solução desse terrível problema que é encarado pelo viés 

moralista , religioso e ideológico e não pelo lado social e de saúde da mulher.

Domingos Sávio Pereira (aposentado) - Londrina

Não deixem as crianças morrerem

É com muita tristeza e indignação que escrevo em virtude de um fato acontecido em Icaraíma onde, lamentavelmente, uma criança com 4 anos de idade veio a falecer por falta de atendimento médico adequado. Ainda é mais triste quando sabemos que isso está acontecendo em todo o nosso Brasil. Sem falar daqueles que estão passando fome e inseguros. Tudo isso quando os políticos gastam o nosso dinheiro em falcatruas e negociações, sempre em desfavor ao sofrido povo. Parece até que estamos anestesiados.  Temos de acordar, antes que seja tarde. Não é justo, nem é humano, termos crianças morrendo quando vemos nos jornais que um determinado candidato tem no caixa do seu partido milhões para gastar na campanha presidencial deste ano. O que aconteceu em Icaraíma? A criança foi levada para a UPA no dia 28/05 e devolvida para o seu lar no dia 29/05. Com seu estado clínico agravado, ela foi novamente levada à UPA, mas foi evolvida ao  lar. No dia 31/05, com seu estado clínico ainda pior, a mãe novamente a levou à UPA. Foi quando o médico enviou essa criança para Umuarama, onde lamentavelmente não tinha UTI disponível. A criança teve que ser intubada mesmo sem uma UTI disponível e, quando surgiu uma vaga, infelizmente já era tarde: ela faleceu no dia 01/06. Isso não pode continuar acontecendo! Vamos acordar, pois nenhuma mãe e os familiares merecem passar por isso. Que tenham compaixão do povo brasileiro.

José Pedro da Silva (contabilista) - Icaraíma

Receba nossas notícias direto no seu celular, envie, também, suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1