|
  • Bitcoin 123.932
  • Dólar 5,1592
  • Euro 5,3222
Londrina

Opinião

m de leitura Atualizado em 28/06/2022, 00:00

OPINIÃO DO LEITOR - Comportamento dos jogadores

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 28 de junho de 2022


AUTOR autor do artigo

Foto: Isaac Fonatana/FramePhoto/Folhapress
menu flutuante

A atuação dos árbitros no futebol tem melhorado muito com o auxílio do VAR. Apesar das dificuldades operacionais, as injustiças têm diminuído bastante. O que não é concebível é a atitude dos jogadores que se comportam como se fossem os donos da verdade. Qualquer posicionamento do árbitro e, mesmo antes da sua decisão, se comportam como verdadeiras feras. Isto está enfeiando, desculpem a expressão, o futebol. Senhores jogadores, quando vocês errarem ou perderem gols ou não produzirem o que esperamos, também a torcida entrará em campo e dará de dedo em suas faces, como vocês fazem com os árbitros. Então, caros jogadores vocês são os artistas, fazem o 

espetáculo e está na hora de se comportarem como tal.

Jose Cezar Vidotti  (aposentado) -  Londrina

Leia mais: https://www.folhadelondrina.com.br/geral/obras-de-revitalizacao-do-zerao-comecam-nesta-segunda-3207483e.html

Políticos todos iguais

A UEL, em parceria com a Seed (Secretaria de Estado da Educação do Paraná), está desenvolvendo um trabalho de apoio psicológico aos professores e funcionários das escolas estaduais, visando auxiliar e atenuar os problemas enfrentados por essa categoria. Até, então, brilhante essa iniciativa! O erro do governo estadual está em tratar uma metástase com AAS infantil, ou seja, efeito nulo. Sabemos 

(sei) que existe até quem não merece o que ganha, mas uma merendeira ou auxiliar geral de limpeza e outras atividades ter um 

salário inferior a R$ 2.000,00 é o ápice do absurdo! 

Luiz Alberico Piotto (servidor público) - Cambé

Cultura pela culatra?

Já estou habituada a ver, dia sim, outro também, as cartas do sr. Sandro Ferreira na coluna Opinião do Leitor. O teor é sempre o mesmo - agredir o governo democraticamente eleito do Brasil por mais de 60 milhões de brasileiros. A forma, também não varia, usa a máxima do "diga que eles são o que nós somos e que eles fazem o que nós fazemos" e, assim, obviamente, demonstra estar ligado a uma facção política que insiste em não aceitar o resultado das urnas de 2018. Normalmente, apenas recorto estas "mensagens" e as guardo, junto com outras que seguem o mesmo estilo. Por isso, resolvi ler a que foi publicada em 25/06, pois indicava que seria sobre "cultura" e esta é uma área em que tenho grande interesse. Infelizmente, o título não passou de uma propaganda enganosa, pois em uma mensagem de 33 linhas não houve uma menção sequer à cultura, seja do Brasil ou apenas de Londrina ou Paraná. Será que este senhor, em suas alucinações partidárias sabe, ao menos, o significado da palavra cultura? Parece-me que não. Que pena. Esta será apenas mais uma carta recortada e guardada.

Nina Cardoso (aposentada) - Londrina

Receba nossas notícias direto no seu celular, envie, também, suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1