EDITORIAL - De volta aos trilhos


Folha de Londrina
Folha de Londrina

O desenvolvimento de Londrina de volta aos trilhos. É o que pretendem entidades representativas da sociedade civil organizada e de órgãos públicos como a Câmara Municipal e a prefeitura, ao assinarem um pacto pelo estímulo à economia local e geração de empregos no cenário da pandemia da Covid-19. 


Assinado por 24 órgãos, o documento traz o comprometimento dos seus líderes em colaborar na elaboração de planejamentos estratégicos e monitorar a implantação das medidas a longo e médio prazos.


São cinco os projetos estruturantes que integram o pacto: Retomada da Economia, Plano Diretor, MasterPlan, Concessões e Infraestrutura e Ecossistema de Inovação.


As entidades e órgãos signatários se comprometem a apoiar e acompanhar a implantação das medidas propostas pelo Sebrae e pelo Núcleo de Desenvolvimento Empresarial no Plano de Retomada da Economia, bem como a buscar parcerias estratégicas e recursos para viabilização das ações do Plano, contratado pela Prefeitura de Londrina.  


Os signatários também asseguram que vão direcionar esforços para aprovação do Plano Diretor da cidade e de suas leis complementares ainda no ano de 2021, e a participar de forma consistente da elaboração já em curso do MasterPlan (Planejamento Estratégico da cidade), assim como zelar para que as ações nele contidos sejam executadas até 2040. O Masterplan tem a função de realizar o planejamento urbano de uma cidade, definindo aspectos essenciais e  visando um projeto global.


De forma mais imediata, as entidades e órgãos prometeram acompanhar de perto cinco aspectos importantes para o desenvolvimento da região: a concessão e duplicação de rodovias pedagiadas no Norte do Paraná; a implantação do Contorno Norte nos primeiros três anos de concessões; a duplicação das duas rodovias que nos ligam ao estado de São Paulo; a proposta de implantação de mais um posto de pedágio da PR-445 no município; e a implantação da concessão do Aeroporto de Londrina. As entidades vão se atentar com especial carinho também ao ecossistema de inovação.


Um plano de desenvolvimento, subscrito por 24 entidades,  representa um compromisso que independe do prefeito que está no cargo. É traçar um projeto para o futuro e não desviar a rota - somente ajustes. Saber onde se quer chegar é parte da caminhada.


O momento ainda é de incertezas, mas a vacinação contra a Covid-19 avança e dá esperança da economia finalmente voltando aos trilhos. Nada tem mais poder do que a união de diferentes forças.


Obrigado por ler a FOLHA!

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Assine e navegue sem anúncios [+]

Continue lendo