Assine e navegue sem anúncios [+]

Volta de delegados das eleições muda configuração da Polícia Civil de Londrina


Rafael Machado - Grupo Folha
Rafael Machado - Grupo Folha

Volta de delegados das eleições muda configuração da Polícia Civil de Londrina
Rafael Machado - Grupo Folha
 



Com o retorno de profissionais da Polícia Civil que concorreram nas eleições municipais, mas não se elegeram, o delegado-chefe da 10ª Subdivisão Policial (SDP), Amarantino Ribeiro, "trocou peças" nas delegacias da cidade e nos plantões da Central de Flagrantes, na Avenida Santos Dumont, zona leste. Os servidores que tentaram uma vaga na Câmara Municipal voltaram ao trabalho na segunda-feira passada (16). 


A nova composição ficou da seguinte forma:


Antônio Silvio Cardoso - atuará como adjunto na 10ª SDP;


Mozart Rocha Gonçalves - passa a ocupar a Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos;


Rafael Souza Pinto - será o responsável pelo setor operacional da 10ª SDP, como investigações de latrocínios e crimes mais complexos;


Edgard Soriani - acumula o 1º Distrito Policial (ou Delegacia de Estelionatos), na rua Tupi, e também a Delegacia de Acidentes de Trânsito;


William Douglas Soares - será o titular do 2º Distrito Policial, que cuida da Central de Flagrantes (outros quatro delegados vão se revezar nos plantões);


Algacir Ramos - vai cuidar do 3º Distrito Policial, que abrigará crimes de menor potencial ofensivo;


José Arnaldo Peron - será o titular do 4º Distrito Policial, delegacia que tem o objetivo de concluir os inquéritos dos flagrantes;


Jayme José de Souza Filho - passa a responder pelo 5º Distrito Policial, na zona norte;


Ernandes Cezar Alves - será o responsável pelo 6º Distrito Policial, que cuida dos delitos na zona rural de Londrina e de Tamarana;


Manoel Pelisson - vai auxiliar o delegado João Reis na Delegacia de Homicídios;


João Reis - continua na Delegacia de Homicídios;


Paulo Henrique Costa - continua na Delegacia de Cambé;


Vitor Dutra de Oliveira - continua na Delegacia de Ibiporã;


Lívia Pini - acumula o Nucria e a Delegacia do Adolescente;


Adilson José da Silva - permanece na Denarc (Divisão Estadual de Narcóticos);


Carla Gomes de Melo - continua como titular da Delegacia da Mulher;


Magda Hofstaetter - fica como adjunta na Delegacia da Mulher;


Thiago Vicentini - continua na Divisão de Combate à Corrupção;



"Dentro do atual quadro, foram possíveis esses remanejamentos", explicou Ribeiro. Atualmente Londrina tem 22 delegados. O comandante da 10ª SDP, que assumiu o cargo no início de novembro, quer implantar uma série de medidas para que a Polícia Civil tenha um discurso igual e atue em conjunto. "A criminalidade não tem fronteiras. Pretendemos criar mecanismos para que todos se integrem e troquem informações em tempo real", disse. 


Dos policiais civis que se candidataram, o investigador Kenedy de Brito, do Patriota, teve a maior votação. Obteve 1.424 votos e terminou como suplente. Na segunda posição está o delegado Edgard Soriani, do PSC (Partido Social Cristão), que terminou com 1.174 votos. 


Na sequência vem o delegado Algacir Antônio Ramos, 72 anos, do PL (Partido Liberal), que terminou a corrida eleitoral com 917 votos. José Arnaldo Peron encerrou a corrida eleitoral com 489 votos e o investigador Kleber Ivode, do PV (Partido Verde), conseguiu 407 votos. 


Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Continue lendo