|
  • Bitcoin 120.926
  • Dólar 5,0919
  • Euro 5,2455
Londrina

Geral

m de leitura Atualizado em 07/07/2022, 07:53

DER autoriza início da duplicação de novo trecho da PR-445

Obra entre Lerroville e Mauá da Serra deve começar em até 15 dias

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 06 de julho de 2022

Rafael Machado - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

Foto: Gustavo Carneiro
menu flutuante

O DER (Departamento de Estradas de Rodagem) do Paraná autorizou nesta quarta-feira (6) o começo da duplicação da PR-445 entre o distrito de Lerroville e Mauá da Serra, no cruzamento com a BR-376. As obras, no entanto, só devem começar em duas semanas. 

Imagem ilustrativa da imagem DER autoriza início da duplicação de novo trecho da PR-445 Imagem ilustrativa da imagem DER autoriza início da duplicação de novo trecho da PR-445
|  Foto: Gustavo Carneiro
 

Foi o prazo dado pelo órgão ao Consórcio DP Barros Pavimentação e Tríade Pavimentações, que venceu a licitação. Serão 27 quilômetros duplicados que vão custar R$ 148 milhões, recursos do Governo do Estado. 

LEIA MAIS

Consórcio vence licitação para duplicar PR-445 

O grupo apresentou o menor preço no processo licitatório e passou na frente de outras empresas credenciadas na análise da documentação. Com a ordem de serviço, a previsão é que a duplicação seja entregue em até um ano e meio. 

O consórcio terá até o dia 21 para apresentar o plano de trabalho da obra, que vai incluir os serviços a serem realizados, quais os pontos, o número de funcionários e os materiais que serão usados. Terraplenagem, drenagem e construção de galerias serão os primeiros serviços executados no trecho. 

REPERCUSSÃO

Para o deputado estadual Tercílio Turini (PSD), a duplicação vai trazer desenvolvimento para a região norte do Paraná. "A PR-445 é o principal corredor de quem vem de Curitiba ou São Paulo e necessariamente passa por Londrina. Com ela duplicada, teremos mais segurança para os motoristas, que poderão trafegar com mais tranquilidade. Isso obviamente atrai mais investimentos, empresas e indústrias para os municípios próximos", informou. 

"Era a notícia mais esperada dos últimos meses. Foi um longo processo até aqui. Ela é extremamente importante porque impacta na redução do número de mortes e influencia diretamente em todas as cidades do entorno", declarou o deputado estadual Tiago Amaral (PSD). 

OBSTÁCULOS

Até que saísse do papel, a obra passou por vários entraves. De acordo com o parlamentar, a autorização para o início do serviço deveria ser assinada no final de 2021. O Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico Nacional) identificou sítios arqueológicos no caminho, o que atrasou os trabalhos. 

A liberação veio no mês passado após estudos feitos pelo DER, que demoraram sete meses para ser concluídos. "Houve esse atraso que prejudicou bastante, mas é uma etapa já superada. Esperamos que não haja novos imprevistos", observou Turini. 

COMO FICA

Com os 27 quilômetros que serão duplicados, o Governo do Paraná dá mais um passo para construir duas pistas na PR-445 de Londrina a Mauá da Serra. A parte que vai até o distrito de Irerê já passou por essa fase. O trecho entre Irerê e Lerroville teve o projeto aprovado e entregue ao DER. O edital, porém, ainda não foi lançado. 

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1