|
  • Bitcoin 144.391
  • Dólar 4,8243
  • Euro 5,1596
Londrina

DIA SEGUINTE

m de leitura Atualizado em 03/05/2022, 15:52

Corpos de vítimas de acidente de ônibus são velados no Paraná

O velório coletivo foi realizado no ginásio de esportes do Clube de Idosos Felicidade

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 03 de maio de 2022

Folhapress com AEN
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Os corpos das sete vítimas do acidente envolvendo um ônibus da Secretaria de Saúde de Pato Bragado (PR) foram velados na cidade do oeste paranaense nesta terça-feira (3). O caso aconteceu no início da manhã de segunda-feira (2) em Marechal Cândido Rondon (Oeste).

O motorista do caminhão envolvido na colisão foi preso por policiais militares na cidade de Mercedes. O motorista do caminhão envolvido na colisão foi preso por policiais militares na cidade de Mercedes.
O motorista do caminhão envolvido na colisão foi preso por policiais militares na cidade de Mercedes. |  Foto: PMPR/ Divulgação
 

Conforme a prefeitura de Pato Bragado, o velório coletivo de Lurdes e Fabiane Monteiro, mãe e filha, Nelson Ditz, João Szczuk, Ivone Carmen Gentilini e Claci Inês Werlang foi realizado no Clube de Idosos Felicidade

Já o velório do motorista do ônibus, Cesar Roberto Schaeffer, foi realizado no ginásio de esportes. Ele era servidor do município e foi vereador e secretário de Esportes.

Em sinal de luto e "profundo pesar pelas vítimas e seus familiares", o prefeito de Pato Bragado, Leomar Rohden (MDB), decretou ponto facultativo nesta terça-feira.

Os mortos estavam em um ônibus, que seguia para Cascavel (PR), onde parte dos passageiros passaria por consultas médicas.

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual, o veículo seguia pela PRC-467, uma extensão da BR-467, na altura de Marechal Cândido Rondon, quando, por volta das 5h30, colidiu com a lateral de uma carreta carregada de milho, saindo da pista e caindo em um barranco até bater contra uma árvore. No momento da queda, o ônibus passava pelo distrito de Iguiporã.

Treze pessoas foram hospitalizadas, duas em estado mais grave, de acordo com a Prefeitura de Pato Bragado. No total, 19 passageiros, além do motorista, estavam no veículo. Os feridos foram transferidos para hospitais de referência da região, como o Bom Jesus, de Toledo, e o Hospital Universitário e São Lucas, de Cascavel. “A situação se agravou bastante em razão da extensão do acidente, com capotamento do ônibus. Por isso buscamos um atendimento mais adequado nesses hospitais de referência da nossa rede”, afirmou a médica a Karina Ebraim, diretora técnica médico do Samu da região.

Leia também:+ Acidente com ônibus deixa 7 mortos em Marechal Cândido Rondon

PRISÃO

Pouco tempo após o acidente, o motorista do caminhão envolvido na colisão foi preso por policiais militares na cidade de Mercedes, na mesma região. Na delegacia, ele confirmou ser o condutor da carreta e disse ter desviado de um outro caminhão que invadiu sua pista e esbarrado no ônibus. Afirmou ainda que na hora não percebeu a gravidade da batida.

"Ele alega que parou cerca de 300 metros à frente e que não visualizou nenhum tipo de acidente, apenas que sua lona estaria cortada e que havia perdido um pouco da carga de milho. Sendo assim, seguiu viagem normalmente", relatou o delegado Renato Baptista.

Preso em flagrante por homicídio culposo e lesão corporal culposa na direção de veículo automotor, além de fuga do local do acidente, ele ficou à disposição da Justiça, já que o conjunto de crimes a ele imputados não são passíveis de fiança, explicou o delegado. A identidade do sujeito não foi divulgada pela polícia, apenas foi repassado que é morador de Caarapó (MS) e dirigia um caminhão modelo LS-1634 ano 2006 carregado com milho. O caminhão foi apreendido e passará por perícia científica, assim como o micro-ônibus.

Receba nossas notícias direto no seu celular. Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.