|
  • Bitcoin 102.802
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

Geral

m de leitura Atualizado em 13/06/2022, 14:06

Corpos de Dom Phillips e Bruno Pereira podem ter sido encontrados

Mulher do jornalista britânico desaparecido no AM junto com indigenista diz que corpos foram encontrados; autoridades ainda não confirmaram

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 13 de junho de 2022

Folhapress
AUTOR autor do artigo

Foto: Carl de Souza/ AFP
menu flutuante

São Paulo - Alessandra Sampaio, mulher do jornalista britânico Dom Phillips, afirmou nesta segunda-feira (13) que dois corpos foram encontrados na região onde o marido e o indigenista brasileiro Bruno Pereira haviam desaparecido, de acordo com o canal GloboNews. As autoridades ainda não confirmaram a informação. 

Dom e Bruno estão desaparecidos na região do Vale do Javari, no oeste do Amazonas, desde o dia 5 de junho. 

Procurado pelo UOL, Marcus Farias Sampaio, cunhado de Dom Phillips, confirmou a informação sobre a localização de dois corpos durante as buscas. Contudo, negou que eles tenham sido identificados. 

"[Minha irmã] foi sinalizada por um amigo agora pela manhã que dois corpos foram encontrados, mas entendemos que ainda precisam ter a identificação", relatou, em conversa pelo WhatsApp.

Segundo Alessandra, a PF lhe confirmou a localização de dois corpos, mas disse que eles ainda precisavam ser periciados para que a identificação pudesse ser feita. Ainda de acordo com Alessandra, a Embaixada Britânica, que já havia comunicado aos irmãos de Dom Phillips a localização dos corpos do jornalista e do indigenista, ratificou a informação da PF. As informação são do jornalista André Trigueiro, da GloboNews. 

Sampaio disse que foi comunicada primeiro pela embaixada britânica. A Polícia Federal teria entrado em contato em seguida, dizendo que os corpos ainda precisam passar por perícia para serem identificados. 

LEIA MAIS

Bolsonaro fala em buscar incansáveis para encotrar Dom Phillips e Bruno Pereira na Amazônia

No domingo, a PF informou que mergulhadores encontraram pertences de Dom e Bruno, incluindo uma mochila e um documento. 

Amarildo da Costa Oliveira, chamado de "Pelado", foi preso em flagrante na última terça (7), por posse de drogas e de munição de uso restrito. Ele é suspeito de envolvimento no sumiço. A defesa de Amarildo nega envolvimento dele com o desaparecimento. 

...

Receba nossas notícias direto no seu celular, envie, também, suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link link