|
  • Bitcoin
  • Dólar
  • Euro
Londrina

Folha Rural 5m de leitura Atualizado em 12/11/2021, 16:27

Biodiversidade brasileira, riqueza subaproveitada e ameaçada

PUBLICAÇÃO
sábado, 13 de novembro de 2021

Amélio Dall’Agnol, pesquisador da Embrapa Soja
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

No momento que acaba de realizar-se, na Escócia, a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 26), que discute o fenômeno causado pela emissão descontrolada de gases de efeito estufa (GEE), resultado da queima de combustíveis fósseis ou incêndios florestais, as ameaças sobre o ambiente estão evidentes. Nesse contexto, não se pode deixar de mencionar a Biodiversidade, uma das riquezas sendo ameaçadas pela deterioração ambiental. O Brasil, particularmente o Bioma Amazônico, é riquíssimo em biodiversidade escondida sob o solo ou acima dele e que constitui uma das maiores riquezas do nosso país.

Mas afinal, o que é biodiversidade ou diversidade biológica? Como o próprio nome sugere, ela define o conjunto de todas as formas de vida existentes na natureza (plantas, animais e microrganismos). Por causa da diversidade genética existente entre indivíduos, alguns são adaptados para se desenvolver em desertos escaldantes, outros vingam em tundras congeladas, assim como há indivíduos adaptados para viver em montanhas ou em vales profundos.

As diferentes formas de vida presentes na Terra são responsáveis pela estabilidade e equilíbrio dos ecossistemas, apresentando grande potencial econômico como base de muitas atividades agrícolas, pecuárias, pesqueiras e florestais. A extinção de uma espécie causa impacto negativo no ecossistema afetado, uma vez que as espécies interagem entre si e também com o ambiente em que vivem, garantindo o equilíbrio dos ecossistemas.

A diversidade genética dos seres vivos do Planeta é essencial para a geração de novos produtos vegetais ou animais, assim como para o desenvolvimento de melhores medicamentos e bioinsumos agrícolas (defensivos e fertilizantes, entre outros). Existem ambientes mais ricos em biodiversidade do que outros; florestas tropicais, por exemplo. Somente 1,5 milhão de espécies (animais e vegetais) foram classificadas até o momento no planeta, mas estima-se que existam entre 10 e 50 milhões de espécies espalhadas pelo mundo.

Muito pouco da biodiversidade brasileira é conhecida e aproveitada. Talvez, mais do que o Brasil, outros países estejam se beneficiando dessa riqueza biológica que nós menosprezamos via desmatamento e queimadas irresponsáveis. Entre os especialistas, o Brasil é considerado o país da megadiversidade. Estima-se que 20% da biodiversidade planetária conhecida esteja presente em território brasileiro, com destaque para a Amazônia, a região do planeta com maior biodiversidade.

Biodiversidade é a riqueza na quantidade e na variedade de seres vivos existentes em determinado ecossistema. Preservá-la depende de todos nós.

Amélio Dall’Agnol, pesquisador da Embrapa Soja

LEIA TAMBÉM:

Agrovila da reforma agrária recebe certificação de produção 100% agroecológica em Castro

instagram

ÚLTIMOS POSTS NO INSTAGRAM