Pesquisa traça perfil dos e-jogadores

Brasileiros se dividem em duas categorias; mulheres lideram entre os ‘casual gamers’

Marcos Martins - Especial para a FOLHA
Marcos Martins - Especial para a FOLHA

A sétima edição da “Pesquisa Game Brasil”, levantamento realizado pela Sioux Group e divulgado em junho, revelou que 73,4% dos brasileiros jogam jogos eletrônicos. Foram entrevistadas 5.830 pessoas em 26 estados e no Distrito Federal, durante o mês de fevereiro. 


A principal faixa etária é de adultos de 25 a 34 anos, representando 33,6% de todo o público. Em seguida, com 32,5%, aparecem os jovens de 16 a 24 anos. Mulheres continuam sendo a maioria: elas representam 53,8% do total de jogadores. A plataforma preferida do brasileiro para jogar é o celular, com 86,7%, à frente do videogame (43,0%) e do computador (40,7%). Os e-sports são conhecidos por 65,6% do público gamer no Brasil e, destes, 44,7% afirmam ser praticantes. 



 

Pesquisa traça perfil dos e-jogadores
iStock
 


O estudo mostra que os gamers brasileiros se dividem em dois grupos: 67,5% que não se consideram gamers e 32,5% que se consideram. O primeiro foi caracterizado como o “gamer casual”, uma maioria que possui o hábito de jogar, porém em menor tempo e frequência. São aqueles que jogam no celular para passar o tempo, por exemplo. O segundo grupo foi caracterizado como “gamer hardcore”, que tem o jogo digital destacado em seus hábitos de consumo e dentro de suas preferências. Geralmente têm uma infraestrutura maior, com computadores potentes e outros acessórios. 


Entre os casuais, as mulheres representam 61,9% do público. Já os homens se identificam mais com o perfil hardcore, totalizando 61,3% dos jogadores. O hardcore gamer costuma jogar três vezes ou mais por semana, em sessões que duram por volta de três horas. 


LEIA TAMBÉM: 

'Pandebingo' diverte idosos

 



Isolamento social impulsiona jogos online, que prometem movimentar bilhões de dólares em 2020

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Tudo sobre:

Últimas notícias

Continue lendo