|
  • Bitcoin 118.755
  • Dólar 5,2124
  • Euro 5,3365
Londrina

Folha Cidadania

m de leitura Atualizado em 25/07/2022, 17:51

Com programação permanente, Planetário ensina e diverte visitantes

Observar o céu está entre as atrações do Planetário de Londrina que fez um roteiro de filmes para o Ensino Fundamental nas férias escolares

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 25 de julho de 2022

Walkiria Vieira - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

O planetário é um roteiro que integra a formação de estudantes de Londrina, região e também é aberto ao público em geral. Os filmes e documentários exibidos exploram temas que fascinam pessoas de todas as idades como os planetas do Sistema Solar, movimentos da Terra (rotação e translação), as estações do ano, constelações, evolução estelar, buracos negros e o Big Bang, por exemplo. 

LEIA MAIS

Planetário de Londrina tem sessões de cinema nas férias

De olho na oportunidade de fazer um programa diferenciado, muitas famílias estiveram no planetário recentemente e prestigiaram a programação exclusivamente pensada para as férias escolares. Deu certo e assim, como a ideia conquistou quem vive em Londrina, atraiu também turistas que estavam de passagem pela cidade e se surpreenderam com a qualidade da atração como é o caso do estudante e morador do Rio de Janeiro, Miguel Freitas, cinco anos, que estava na companhia do primo de Londrina, Isaac, quatro anos. 

Isaac, quatro anos, foi ao Planetário com o primo Miguel Freitas, cinco anos, que veio do Rio de Janeiro Isaac, quatro anos, foi ao Planetário com o primo Miguel Freitas, cinco anos, que veio do Rio de Janeiro
Isaac, quatro anos, foi ao Planetário com o primo Miguel Freitas, cinco anos, que veio do Rio de Janeiro |  Foto: Walkiria Vieira
 

Na ocasião aprenderam mais sobre Galáxias, Lua, Sol, planetas do Sistema Solar, gravidade e preservação da natureza diante da história de Tainá-Kan, que significa Estrela da Manhã - e conta sobre um indiozinho que parte em uma aventura pelo espaço juntamente com a deusa Jaci (Lua), em busca de explicações sobre o dia e a noite. Muito curioso, Tainá-Kan  descobre muitos outros mistérios sobre o Universo, seu planeta e alguns corpos que compõem o Sistema Solar. Diante de tanta informação, toma ciência que o Universo é muito maior que a sua tribo e a floresta onde vive, e que o homem deve cuidar do planeta Terra, preservando o meio ambiente.

UM CÉU COBERTO DE ESTRELAS

Pouco antes da exibição da sessão, a planetarista Alessandra Ribeiro expõe que a reação do público é sempre um incentivo para o seu trabalho. Ribeiro dá as instruções para que a plateia tenha uma experiência especial e conta que a alegria das crianças é contagiante. "Fiquem bem confortáveis, recostem a cabeça e preparem-se, pois aqui, tudo acontece lá no céu", avisa. Formada em Física e Mestre em Ensino de Física, habitualmente ela vê o entusiasmo dos visitantes que anunciam que desejam ser astronautas. "Para as escolas, incluímos além do filme uma aula de astronomia após a sessão. Falamos sobre o céu da noite, os astros que podem ser observados as constelações mais fáceis de serem visualizadas", comenta.

Os 40 minutos de sessão foram um verdadeiro convite também para a família da dentista Fernanda Salomão Tesser, que estava na companhia do marido, Fábio Tesser, do filho Fabio Augusto Tesser, 11 anos e do sobrinho Natan Tesser. Entre estreantes e veteranos, a família estava muito disposta e considera que todos devam conhecer o espaço que é bastante acessível através das informações. O telescópio instalado na parte externa da unidade e outros equipamentos instalados no interior do prédio servem de guia aos  visitantes. 

Fernanda e Fábio Augusto Tesser com o filho Fábio e o sobrinho Natan: visita ao Planetário para saber mais sobre o Universo Fernanda e Fábio Augusto Tesser com o filho Fábio e o sobrinho Natan: visita ao Planetário para saber mais sobre o Universo
Fernanda e Fábio Augusto Tesser com o filho Fábio e o sobrinho Natan: visita ao Planetário para saber mais sobre o Universo |  Foto: Walkiria Vieira
 

Na companhia da filha Laura Dalexandre Dias, de oito anos, o motorista de aplicativo Renato Draguini Dias não escondia sua admiração pelo Sistema Solar e todos os equipamentos eram motivo de parada, observação e registro fotográfico. "Além de muito interessante, acrescenta muito para o aprendizado da Laura", comenta Dias. "O movimento da terra em torno do sol, as estações, as fases da lua, o nascer e o pôr-do-sol são admiráveis", acrescenta.

Renato Dias com a filha Laura Dalexandre Dias: curiosidade sobre o Sistema Solar e todos os equipamentos disponíveis Renato Dias com a filha Laura Dalexandre Dias: curiosidade sobre o Sistema Solar e todos os equipamentos disponíveis
Renato Dias com a filha Laura Dalexandre Dias: curiosidade sobre o Sistema Solar e todos os equipamentos disponíveis |  Foto: Walkiria Vieira
 

Aluna da Escola Municipal Miguel Bespalhok, localizada na região leste de Londrina, Laura acompanha atentamente as explicações do pai, interage e demonstra ter interesse pela temática em torno dos cometas, das constelações e missões espaciais.  A estudante admite estar encantada em sua primeira vez no Planetário de Londrina e já planeja voltar para ver outros filmes que fazem parte da programação. "Eu sonho em ver uma estrela cadente e já sei até o pedido que eu for fazer nessa hora", conta. 

De férias, a professora Marly Trevizam incluiu no roteiro da neta, Maria Clara, quatro anos, também de recesso, a visita ao Planetário. É uma opção muito interessante, pois além da sairmos da rotina, valorizamos uma atividade da cidade de Londrina. Trevizam  revela que seus alunos de 1º e 2º ano do Ensino Fundamental alegram-se muito quando fazem a visita. "É um entusiasmo lindo de se ver", ratifica. 

A professora Marly Trevizam, em férias , incluiu a neta Maria Clara, quatro anos, no passeio para quebrar a rotina A professora Marly Trevizam, em férias , incluiu a neta Maria Clara, quatro anos, no passeio para quebrar a rotina
A professora Marly Trevizam, em férias , incluiu a neta Maria Clara, quatro anos, no passeio para quebrar a rotina |  Foto: Walkiria Vieira
 

SOBRE O PLANETÁRIO

Filmes infantis como "O Aniversário do Pingo",  "O Céu de Londrina, "A Quinca, o Pititi e o Albireu" e documentários como "Segredos da Viagem no Tempo (Como funciona o Universo) estão no catálogo do planetário de Londrina, que  é um projeto de Extensão da Universidade Estadual de Londrina e integra o Museu de Ciência e Tecnologia da UEL. Este por sua vez constituído por três grandes setores: o Centro de Ciências, o Observatório e o Planetário, cuja implantação foi realizada mediante convênio firmado entre Vitae, Universidade Estadual de Londrina e Itedes, em 15 de dezembro de 2003, sob coordenação do Prof. Dr. Sérgio Mello de Arruda.

O Planetário de Londrina tem recebido muitos visitantes para a exibição de filmes: a programação pensada para as férias escolares e atraiu alunos e familiares O Planetário de Londrina tem recebido muitos visitantes para a exibição de filmes: a programação pensada para as férias escolares e atraiu alunos e familiares
O Planetário de Londrina tem recebido muitos visitantes para a exibição de filmes: a programação pensada para as férias escolares e atraiu alunos e familiares |  Foto: Walkiria Vieira
 

Seu prédio foi construído no centro da cidade de Londrina, pela Prefeitura Municipal de Londrina, em 1992, passando por uma reforma em 2005. Trata-se de uma construção de alvenaria, com 232 metros quadrados e diâmetro de 6 m; teto abobadado, com 6,10 m de altura. A sala de projeção tem 8 metros de diâmetro e capacidade para 40 expectadores por sessão.

O projetor de estrelas do Planetário de Londrina, é um modelo BS 3200a, fabricado pela Gambato – Costruzione per Astronomia. É um projetor ôptico-mecânico que simula o céu visível de qualquer ponto sobre a superfície da Terra e em qualquer data, com precisão. É um espaço de experiências que reúnem não apenas o conhecimento já adquirido, mas que despertam para o novo e nos colocam frente a frente com o Universo.   

Serviço:

Planetário

Rua Benjamin Constant, 800

Mais informações: (43) 3326- 0567

A próxima sessão aberta ao público está marcada para o dia 27 de agosto, em três horários. Os filmes exibidos serão “Tainá-Kan” e “Voyager – Mensageiro Para as Estrelas”.

---

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link