|
  • Bitcoin 121.113
  • Dólar 5,0855
  • Euro 5,2421
Londrina

Folha 2

m de leitura Atualizado em 09/07/2022, 07:09

Festival deixa Londrina repleta de música a partir deste sábado

42º Festival Internacional de Música tem dois concertos programados para este final de semana e prossegue até o dia 18

PUBLICAÇÃO
sábado, 09 de julho de 2022

Marcos Roman - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Dois concertos programados para este final de semana dão início à programação artística da 42ª edição do Festival Internacional de Música de Londrina (FIML).  No sábado (9), o público poderá conferir gratuitamente a “Abertura Festiva” do evento, que acontece às 15h30, no Aterro do Lago Igapó, com a Orquestra Sinfônica “Arte & Vida” de Arapongas, seguida do Plantão Sorriso. Já a cerimônia de abertura oficial do festival será realizada no domingo (10), às 20h30, no Teatro Universitário Ouro Verde, e terá como atrações a Osuel - Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual de Londrina - sob a regência do maestro Massimiliano Carraro e tendo como solista, o pianista Fabio Paez, da Venezuela. 

LEIA MAIS

Cia Nua de Dança apresenta espetáculo “Outros” na Usina Cultural

Festival de Música promove 21 cursos

Uma grande festa marcará a abertura do 42º FIML neste sábado (9). A partir das 15h30, o público será recebido no Aterro do Lago Igapó com serviço de food truck para comercializar pipocas, batatas, churros e bebidas. A Orquestra Sinfônica “Arte & Vida”, sob a regência do maestro Claudemir Trevisan abrirá o concerto. No repertório estão grandes clássicos como “Anunciação”; “Disparada”; “Flash Dance”; “Garota do Ipanema” e "Mamma Mia”, dentre outros que serão executados com arranjos e adaptações da própria orquestra fundada em 2014.   

A Orquestra Arte & Vida fará a abertura festiva do FIML neste sábado (9) no Aterro do Lago Igapó A Orquestra Arte & Vida fará a abertura festiva do FIML neste sábado (9) no Aterro do Lago Igapó
A Orquestra Arte & Vida fará a abertura festiva do FIML neste sábado (9) no Aterro do Lago Igapó |  Foto: Divulgação
 

Na sequência entram no palco os palhaços do Plantão Sorriso, com o show musical “Bailinho do Plantão”, que estreou em 2017 e desde então já foi visto por 30 mil pessoas em dezenas de apresentações. O repertório traz canções clássicas que marcaram a infância de muitas gerações, além de cantigas folclóricas e populares que ganharam uma nova roupagem na voz dos palhaços e palhaças.   

O Bailinho do Plantão é apresentado pelos palhaços Pinduca (André Demarchi), Frida (Aneliza Paiva), Tulipa (Emilia Miyazaki), Lambreta (Gerson Bernardes), Adelaide (Juliana Galante) e Zanzibão (Tonho Costa). Participação especial de Reinaldo Scheffer (bateria) e Miguel Santos (sanfona). Direção musical de Tonho Costa. O Plantão Sorriso, conhecido por levar a alegria do palhaço para enfermarias pediátricas de hospitais de Londrina desde 1996. 

Diretor artístico do FIML, o pianista Marco Antonio de Almeida destaca que o festival retorna as apresentações presenciais com uma programação de qualidade, diversificada, com grupos regionais e atrações internacionais, uma programação pensada para contemplar todos os gostos.  

O Festival Internacional de Música de Londrina tem a direção pedagógica de Magali Kleber e direção artística do pianista Marco Antonio de Almeida, também presidente da Associação de Amigos do FML. É uma promoção da Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura - Governo do Estado do Paraná, Secretaria Municipal da Cultura - Prefeitura do Município de Londrina, Casa de Cultura - Universidade Estadual de Londrina e Associação de Amigos do FML.  

 Osuel COM O SOLISTA FÁBIO PAEZ

 

 Regida pelo maestro italiano Massimiliano Carraro, a Osuel - Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual de Londrina é a atração do concerto oficial de abertura do 42º Festival Internacional de Música de Londrina (FIML). O evento que acontece no Teatro Ouro Verde, neste domingo (10), às 20h30 terá como convidado o pianista venezuelano Fábio Paez, que atuará como solista. No programa do concerto estão as obras “Abertura da ópera Il Guarany”, do compositor Antônio Carlos Gomes, e o “Concerto em Si Bemol Menor para piano – Concerto nº 1”, de Piotr Ilitch Tchaikovski.  

O pianista Fábio Paez, que se apresentará com a OSUEL, com o maestro italiano Massimiliano Carraro O pianista Fábio Paez, que se apresentará com a OSUEL, com o maestro italiano Massimiliano Carraro
O pianista Fábio Paez, que se apresentará com a OSUEL, com o maestro italiano Massimiliano Carraro |  Foto: Divulgação
 

Tem como base o romance homônimo escritor por José de Alencar, a ópera “O Guarani” estreou no Brasil há 152 anos e também na Itália. A obra de autoria do maestro Antônio Carlos Gomes Carlos Gomes  se destaca como a primeira ópera brasileira aclamada fora do país. Ela retrata o amor e o massacre dos índios Aymorés no Brasil Colônia. A composição abrirá a apresentação da Osuel neste domingo (10), seguida do “Concerto nº 1 em Si Bemol Menor para piano”, obra de Tchaikovski que estreou nos EUA em 1875 e teve sucesso imediato. A composição será executada com a participação do pianista venezuelano Fábio Paez.  

Nascido no estado de Aragua, Paez iniciou formalmente seus estudos de piano aos 9 anos. Desde 2017 pertence à cadeira de piano “Carlos Duarte” da Escola de Música Mozarteum Caracas. Em 2018, ganhou o Primeiro Prêmio “Schnoegass” na nona edição do Concurso Nacional “El Piano Venezolano”. Participa de diversos concertos e recitais internacionais como solista. Nos anos 1980, atuou como maestro colaborador na Escola de Aperfeiçoamento para artistas líricos do Teatro alla Scala de Milão. Atualmente é o maestro responsável pelos videolibretos do Teatro alla Scala de Milão e docente de música de câmara na Academia de Formação do Teatro alla Scala. 

A Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual de Londrina, primeira orquestra sinfônica do Paraná, foi criada oficialmente em 14 de março de 1984, tendo como objetivos: interpretar e difundir o repertório sinfônico tradicional e contemporâneo com ênfase na música brasileira; dar suporte às atividades acadêmicas dos cursos ligados à área de música, através de integração com o ensino, pesquisa e extensão.  

Paralelamente aos concertos de gala, a OSUEL apresenta os “Concertos Didáticos”, projeto educacional com o objetivo de, através de aulas-concertos, contribuir para a formação cultural de estudantes da rede de ensino. Em 1999, a OSUEL gravou o primeiro CD e no final de 2000 realizou a gravação ao vivo em concerto da ‘Temporada Ouro Verde’ do segundo CD intitulado Compositores Brasileiros. Em outubro de 2003, recebeu a “Comenda Ouro Verde”, homenagem prestada pela Câmara Municipal de Londrina. 

Imagem ilustrativa da imagem Festival deixa Londrina repleta de música a partir deste sábado Imagem ilustrativa da imagem Festival deixa Londrina repleta de música a partir deste sábado
|  Foto: Gustavo Padial/ Folha Arte
 

Serviço: 

42º Festival Internacional de Música de Londrina (FIML) - Abertura Festiva 

Quando - Sábado (9), às 15h30 

Onde – Aterro do Lago Igapó 

Gratuito  

Abertura Oficial com a Osuel – Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual de Londrina 

Quando - Domingo (10), às 20h30  

Onde – Teatro Ouro Verde (R. Maranhão, 85) 

Quanto - R$20,00 e R$10,00 (meia entrada) 

Ponto de venda – Plataforma Sympla (www.sympla.com.br) 

*Toda a programação Artística do festival está disponível no site do evento (www.fiml.art.br) 

Receba nossas notícias direto no seu celular, envie, também, suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1