|
  • Bitcoin 147.657
  • Dólar 4,8786
  • Euro 5,1458
Londrina

Folha 2

m de leitura Atualizado em 08/05/2022, 13:18

Conrado e Aleksandro: conheça a história da dupla

Cantor Aleksandro, que morreu em acidente no sábado (7), iniciou a carreira artística há 19 anos cantando em bares do Mato Grosso do Sul

PUBLICAÇÃO
domingo, 08 de maio de 2022

Marcos Roman - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante
Imagem ilustrativa da imagem Conrado e Aleksandro: conheça a história da dupla Imagem ilustrativa da imagem Conrado e Aleksandro: conheça a história da dupla
|  Foto: Divulgação
  

A dupla Conrado & Aleksandro foi formada em 2003 pelos cantores Conrado Bueno e Luiz Aleksandro Talhari Correia, na cidade de Dourados, no Mato Grosso do Sul, onde se apresentavam em barzinhos tocando clássicos da música sertaneja e composições próprias. O primeiro CD, intitulado “Anjo Querido - Ao Vivo”, foi gravado em 2009. No ano seguinte, o segundo álbum chamado “Tour - Ao Vivo”, teve destaques com as músicas "Afinal" e "Gravidade Zero".  

Em 2011, a dupla lançou “Plano B”, o primeiro CD gravado pela Som Livre, que contou com a participação especial de Luan Santana no single "Certos Detalhes". Em 2012 foi gravado o primeiro DVD: “Ao Vivo em Maringá”, que reuniu os hits "Halls Preto", "Mete Tequila" e "Signos". Em 2014, a dupla lançou o CD "Lobos”, que teve como destaque as regravações de "Quem Nunca?", "Caminhão Pipa" e "Pode Chorar". Lançado em 2015, o DVD “Ao Vivo em Curitiba” trouxe os hits " Caminhonete inteira", "Hino dos machos", "Namorar não vou não" e "Bebendo de torneira". Em 2017, a dupla lançou um de seus maiores sucessos, "Põe no 120", que foi uma das músicas mais tocadas nos rodeios de Barretos, cidade que é referência das festas de peões de boiadeiro. 

Em 2019, Conrado Bueno partiu para carreira solo. Ele foi substituído pelo cantor João Vítor Soares, antigo integrante da dupla Fábio & Rafael, que adotou o nome artístico de Conrado e junto com Aleksandro lançou o álbum Ao Vivo em Londrina, com o registro de um show realizado no Antiteatro do Zerão em 2019. O lançamento mais recente dos sertanejos foi a canção “Efeito Borboleta”, de abril deste ano, cujo clipe tem mais de 1,5 milhão de visualizações no YouTube.  

Conrado & Aleksandro faziam, em média, 15 shows por mês em cidades do Paraná e no interior de São Paulo. No YouTube, a dupla conta com quase 600 mil inscritos e acumula mais de 285 milhões de visualizações em seus vídeos. Entre os mais vistos estão “Põe no 120” (com 30 milhões de acessos), “Camionete inteira” (21 milhões) e “Tô bebendo na torneira” (21 milhões).  

Na plataforma de músicas Spotify, atualmente, Conrado & Aleksandro têm cerca de 530 mil ouvintes mensais. As músicas mais ouvidas da dupla são “Tô Bebendo de torneira” (7,3 milhões de acessos), “Bão com força” (6 milhões) e “Põe no 120” (5,9 milhões).  

Famosos lamentam morte do cantor Aleksandro

Imagem ilustrativa da imagem Conrado e Aleksandro: conheça a história da dupla Imagem ilustrativa da imagem Conrado e Aleksandro: conheça a história da dupla
|  Foto: Divulgação
  

Diversos artistas lamentaram nas redes sociais a morte do cantor Aleksandro (Luiz Aleksandro Talhari Correia), que fazia dupla com Conrado. "Meus sentimentos a todos que perderam alguém no acidente com o ônibus da dupla sertaneja Conrado e Aleksandro", escreveu a campeã do BBB21, Juliette Freire.  

João Gustavo, irmão de Marília Mendonça também se pronunciou lembrando a morte da cantora em um acidente aéreo. "Que Deus conforte o coração dos familiares e amigos das vítimas! É horrível reviver esse sentimento eu fico todo desconcertado com ansiedade e lembranças que nunca mais queria lembrar daquele pesadelo".  

 "Que Deus conforte todas as famílias que perderam alguém no acidente da dupla Conrado e Aleksandro", afirmou a cantora Solange Almeida. "Nossos sentimentos à família e amigos do cantor Aleksandro”, declararam Simone e Simaria. "Sem palavras. Que Deus guarde Aleksandro e equipe. Meus sentimentos”, escreveu Lucas Lucco.  

 Leia mais: Corpo do cantor Aleksandro será velado e sepultado em Londrina

"Mais uma perda precoce e imensamente triste em nosso meio. Aleksandro era um artista fantástico e a notícia do falecimento dele enche nosso coração de tristeza. Nossos sentimentos aos fãs, amigos e família da dupla e parceiros de banda que nos deixaram hoje nesse trágico acidente”, declararam os cantores Mateus e Kauan. 

Receba nossas notícias direto no seu celular, envie, também, suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1