|
  • Bitcoin 103.514
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

Folha 2

m de leitura Atualizado em 07/06/2022, 09:37

Cantor Conrado tem alta da UTI

Um mês após acidente, o artista que fazia dupla com Aleksandro foi transferido para a enfermaria do Hospital de Registro (SP)

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 07 de junho de 2022

Marcos Roman - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante
Imagem ilustrativa da imagem Cantor Conrado tem alta da UTI Imagem ilustrativa da imagem Cantor Conrado tem alta da UTI
|  Foto: Divulgação
O cantor Conrado, que fazia dupla com Aleksandro, teve alta da UTI no final da tarde de segunda-feira (6). O artista foi transferido para a a enfermaria do Hospital Regional de Registro, no interior de São Paulo, onde segue internado. João Vitor Moreira Soares, nome de batismo do sertanejo, está hospitalizado desde que sofreu um acidente de trânsito no dia 7 maio.  

Conforme o boletim médico divulgado pela equipe do cantor pelas redes sociais, o músico Júlio Cesar Bigoli Lopes, que está internado no mesmo hospital também apresentou melhoras no seu quadro clínico e foi transferido para a enfermaria. Ainda não há previsão de alta médica para os dois.  

"Hoje nossos guerreiros deram mais um passo importante na recuperação. No fim da tarde de hoje [dia 6], após a emissão do boletim oficial, ambos já deixaram a UTI e seguiram para o tratamento na enfermaria, como já programado pela equipe médica. Pedimos a todos que continuem em corrente de oração para que em breve ambos possam se recuperar em casa. Obrigado, Brasil, por estarem conosco", diz a nota oficial emitida pela assessoria dos artistas. 

João Vitor e Júlio César ficaram gravemente feridos quando o ônibus que levava a dupla Conrado e Aleksandro e sua equipe tombou na Rodovia Régis Bittencourt, em Miracatu (SP). O veículo havia partido de Tijucas do Sul, no Paraná, e tinha como destino São Pedro, em São Paulo, onde os artistas fariam show. O acidente provocou a morte do cantor Aleksandro e de outras cinco pessoas da equipe.    

Após o acidente, os dois foram encaminhados em estado grave para o Hospital Regional de Registro (SP). João Vitor teve que passar por várias cirurgias desde foi internado. O músico permaneceu em coma na UTI até o dia 12 de maio, quando acordou e comentou com sua namorada que se lembrava de algumas cenas do momento em que o ônibus tombou na pista.  

A última intervenção cirúrgica sofrida por João Vitor aconteceu no dia 1º de junho, quando os médicos fizeram enxerto nos ferimentos das costas do cantor que já havia feito cirurgias para conter sangramentos, correção de fratura na bacia e para fixação do quadril.  

Leia mais: Sonoridades: rock, rap e mpb em versão digital

No último dia 3, a psicóloga do Hospital Regional de Registro e a esposa do músico Júlio César contaram a ele sobre as mortes dos amigos da equipe e de seu primo, o roadie Giovani Gabriel Lopes dos Santos. Ao ser informado do ocorrido o músico chorou muito. As famílias e a equipe Conrado & Aleksandro pedem a todos que se mantenham em oração para o completo restabelecimento de João e Júlio. 

Receba nossas notícias direto no seu celular, envie, também, suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1