|
  • Bitcoin
  • Dólar
  • Euro
Londrina

Folha 2 5m de leitura Atualizado em 15/01/2022, 10:16

A alegria durou pouco: covid adia retomada de eventos culturais

Com nova onda de covid, shows e outros espetáculos artísticos voltaram a ser suspensos em Londrina e em todo o país

PUBLICAÇÃO
sábado, 15 de janeiro de 2022

Marcos Roman - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

A fase de retomada de eventos culturais suspensos há quase dois anos por conta da pandemia durou pouco tempo. Shows e outros espetáculos artísticos que voltaram a ser realizados com a presença do público no final de novembro estão sendo cancelados ou adiados novamente. O motivo é a nova onda de covid causada pelo vírus Ômicron que se alastrou pelo país nas festas de fim de ano, além da recente epidemia de gripe provocada pelo vírus H3N2.

Diversas turnês nacionais tiveram que ser adiadas: Gusttavo Lima, Alcione, Marisa Monte e Lulu Santos suspenderam as agendas de shows
Diversas turnês nacionais tiveram que ser adiadas: Gusttavo Lima, Alcione, Marisa Monte e Lulu Santos suspenderam as agendas de shows |  Foto: iStock
 

Com mais de 620 mil mortos e quase 23 milhões de brasileiros contaminados desde o início da pandemia, o Brasil voltou a registrar um aumento vertiginoso de contaminações por Covid no início deste ano. São cerca de 80 mil diagnósticos positivos diários. Entre os brasileiros que contraíram o vírus recentemente estão artistas famosos, como Gusttavo Lima, Caetano Veloso, Vera Fisher, Alcione e Marisa Monte. Apesar de a maioria dos infectados que tomaram vacina permanecerem assintomáticos, medidas restritivas voltaram a ser adotadas na tentativa de conter a proliferação da doença no país.

Diversas turnês nacionais tiveram que ser adiadas por conta da nova onda de Covid. Gusttavo Lima e Alcione suspenderam temporariamente a agenda de shows para se isolar em casa após terem se contaminado. Diante do avanço da pandemia, a exemplo de vários outros artistas Lulu Santos optou por adiar a estrearia novo show “Alô, Base” que já tinha apresentações agendadas em Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador nas próximas semanas.

Como aconteceu em 2021, o carnaval de rua voltou a ser cancelado até mesmo em cidades que se tornaram símbolo da folia, como Rio de Janeiro, Salvador e Recife. Por enquanto, apenas desfile das escolas de samba cariocas na Marquês de Sapucaí foi mantido pela prefeitura da capital fluminense sob a alegação de que por se tratar de um evento fechado será possível exigir o uso de máscara e a apresentação de comprovante de vacina do público.

Em Salvador, além de cancelar o carnaval de rua o governo do estado publicou um novo decreto reduzindo de 5 mil para 3 mil pessoas o limite de público em eventos fechados. Com a nova medida, diversos shows tiveram que ser cancelados na capital baiana, incluindo uma festa carnavalesca privada que reuniria em fevereiro grandes cantoras populares, como Ivete Sangalo, Claudia Leitte e Iza. Até mesmo eventos que aconteceriam dentro das regras restritivas tiveram que ser adiados pelo avanço das contaminações.

MAIS SHOWS ADIADOS

A cantora Maria Bethânia e o maestro João Carlos Martins adiaram para março os shows de abertura de uma casa de espetáculos no Rio de Janeiro que aconteceria neste final de semana. Em Londrina, o grupo vocal Entre Nós adiou para o dia 17 de fevereiro o show que faria na última quinta-feira (13) dentro da programação do projeto Viva Elis promovido pelo Bar Valentino.

Na última terça-feira (11) a cantora Marisa Monte também anunciou em suas redes sociais que havia contraído covid e que por isso teria que adiar o início de sua turnê: “Portas”. “Gente, hoje de manhã acordei com a notícia que meu exame de PCR, feito ontem à tarde, deu positivo. Estou totalmente assintomática, com as três doses da vacina, isolada em casa,” comentou. “Vínhamos trabalhando nos preparativos da tour com todo cuidado, fazendo testes diários, acompanhando com atenção os números de contágio e avaliando os riscos para a nossa equipe e para o público. Essa semana, com a escalada vertiginosa de casos, ficou claro que se tornou impossível seguir com nossos planos”.

Diante das circunstâncias, a cantora informou que novas datas serão agendadas. “Em respeito ao bom senso e às recomendações sanitárias achamos prudente adiar as estreias dias 19, 21 e 22/ 01 no Rio de Janeiro e 27, 28 e 29/01 em São Paulo. Novas datas serão divulgadas. Sinto muito por ter nosso encontro adiado, mas o momento é de priorizar os cuidados com a saúde de todos”, concluiu.

CARNAVAL SEM FOLIA EM LONDRINA

Conforme noticiado pela FOLHA, o carnaval de rua de Londrina que chegou a atrair 50 mil pessoas em 2020 foi cancelado pelo segundo ano consecutivo. No início de dezembro, Bernardo Pellegrini - secretário municipal de Cultura – anunciou que os festejos estavam suspensos e que a situação seria reavaliada caso houvesse uma melhora significativa no cenário da pandemia, o que não aconteceu.

Leia mais: Carnaval de 2022 está cancelado em Londrina

O Comitê Científico de Enfrentamento à Covid-19, orgão que assessora a Prefeitura do Rio de Janeiro no combate à pandemia, adiou para o próximo dia 24 a decisão sobre os desfiles de carnaval da Marquês de Sapucaí. Em uma reunião realizada na última quarta-feira (12), integrantes do comitê afirmaram que vão avaliar dados epidemiológicos mais detalhados antes de tomar a decisão final sobre assunto. Os desfiles do Grupo Especial das escolas de samba cariocas estão agendados para o fim de fevereiro.

A temática afro domina os temas escolhidos pela metade das escolas de samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro em 2022, que destacarão a religiosidade e as heranças étnicas do continente negro, enaltecendo a valorização da raça. Enredos biográficos também estarão presentes. A Mangueira se preparou para homenagear seu fundador e poeta maior, Cartola, o intérprete Jamelão e o mestre-sala Delegado. A Vila Isabel pretende exaltar o bamba Martinho da Vila. Já a São Clemente se programou para contar a trajetória do humorista Paulo Gustavo, uma das mais de 600 mil vítimas fatais da Covid-19 no Brasil. Caso não sejam cancelados, os desfiles acontecerão nos dias 27 e 28 de fevereiro.

Leia mais: Temas afros e biográficos marcam a volta das grandes escolas ao Sambódromo

 ...                       

Receba nossas notícias direto no seu celular, envie, também, suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1

instagram

ÚLTIMOS POSTS NO INSTAGRAM