|
  • Bitcoin 121.481
  • Dólar 5,0538
  • Euro 5,2302
Londrina

Londrina Esporte Clube

m de leitura Atualizado em 10/07/2022, 17:58

Londrina se aproxima do fim do 1º turno entre altos e baixos

Tubarão não tem conseguido engatar sequência consistente para brigar pela parte de cima da tabela; time terá mais um desafio fora de casa

PUBLICAÇÃO
domingo, 10 de julho de 2022

Pedro Marconi - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

A rodada do último fim de semana expôs um problema do Londrina nesta edição da Série B do Brasileiro: a falta de regularidade. Tanto na postura quanto nos resultados, o LEC não tem conseguido engatar uma sequência para deslanchar na competição e respirar aliviado. Na terça-feira (5) da semana passada, por exemplo, o time conquistou uma vitória segura contra a Chapecoense, fora de casa. Já no sábado (9) perdeu por 2 a 0 para o Sport, na Ilha do Retiro.

No duelo contra a equipe pernambucana, o Tubarão mostrou um futebol apático e um setor ofensivo praticamente nulo No duelo contra a equipe pernambucana, o Tubarão mostrou um futebol apático e um setor ofensivo praticamente nulo
No duelo contra a equipe pernambucana, o Tubarão mostrou um futebol apático e um setor ofensivo praticamente nulo |  Foto: Marlon Costa/Futura Press/Folhapress
 

No duelo contra a equipe pernambucana, o Tubarão mostrou um futebol apático e um setor ofensivo praticamente nulo. Já o adversário também apresentou um jogo fraco tecnicamente, porém, “achou” os gols, para alegria do técnico Lisca, que fez sua estreia com o Leão da Ilha em Recife. “Finalizamos muito pouco. Tivemos o volume, a bola, mas tínhamos que ser mais incisivos. O Sport se fechou e marcou bem, neutralizou”, analisou o técnico do LEC, Adilson Batista, em entrevista ao SportTV.

O revés custou caro para o Londrina, que perdeu cinco posições. O Alviceleste agora figura na 11ª colocação, estacionado nos 22 pontos. Está a sete de distância do G4 e apenas quatro da zona de rebaixamento. O placar da penúltima rodada do primeiro turno do campeonato também reforçou a dificuldade do LEC para vencer longe do Café. Em oito partidas foram seis derrotas e somente dois triunfos. Aproveitamento de 25%. Além disso, o Tubarão só balançou as redes nos confrontos fora que levou a melhor, contra a Chapecoense (3 a 0) e a Ponte Preta (2 a 1).

VIDA QUE SEGUE

A equipe agora terá toda esta semana para se preparar para o próximo compromisso, novamente longe dos seus domínios. No sábado (16) terá pela frente o Ituano, às 11h, no estádio Novelli Júnior. O clube paulista está em 14º e vem pressionado por duas derrotas consecutivas. A última na noite de sábado, 2 a 0 para o Sampaio Corrêa, no Castelão. LEC e Ituano se enfrentaram apenas três vezes na história – na Série B de 2004 e na C de 2020 -, com um triunfo para o Tubarão e duas igualdades.

Para esta partida o técnico Adilson Batista pode ter alguns desfalques. Douglas Coutinho deixou o campo, contra o Sport, acusando desconforto muscular. Gabriel Santos, que ficou fora de fora três jogos por problemas na coxa, voltou a reclamar de dores.

DE SAÍDA

O Londrina está com negócio praticamente fechado para emprestar o atacante Victor Daniel ao FC Cascavel, que disputa a Série D. O atleta, inclusive, fez gols na ida e na volta da final do título do Paranaense de 2021 justamente em cima da Serpente. No entanto, perdeu espaço com a chegada de Batista e nunca atuou como titular.

****

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.