|
  • Bitcoin 121.615
  • Dólar 5,0547
  • Euro 5,2170
Londrina

Série B

m de leitura Atualizado em 02/07/2022, 13:49

Com fraco futebol, Londrina e CSA ficam no empate no Café

Tubarão faz jogo ruim e amarga um 0 a 0 neste sábado diante da torcida; LEC fará agora três jogos seguidos fora de casa

PUBLICAÇÃO
sábado, 02 de julho de 2022

Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

Foto: Ricardo Chicarelli
menu flutuante

O Londrina não repetiu as últimas atuações no estádio do Café e ficou no 0 a 0 com o CSA neste sábado (2) pela 16ª rodada da Série B. O Tubarão errou muito tecnicamente e sentiu muito o lado físico em razão da maratona de jogos. Com pouca inspiração, o time pouco chegou ao ataque. 

Imagem ilustrativa da imagem Com fraco futebol, Londrina e CSA ficam no empate no Café Imagem ilustrativa da imagem Com fraco futebol, Londrina e CSA ficam no empate no Café
|  Foto: Ricardo Chicarelli
 

Após um primeiro tempo muito ruim, o time melhorou no segundo tempo, mas não teve forças para chegar ao gol. Com o empate, o LEC sobe para 19 pontos e ocupa a 12ª posição. O Tubarão terá agora uma sequência de três partidas fora de casa contra Chapecoense, Sport e Ituano. Na terça-feira (5), o desafio será na Arena Condá, em Santa Catarina, às 19h, em jogo atrasado da 10ª rodada.

O CSA se mantém entre os últimos do Brasileiro, com 16 pontos, sem vencer fora de casa e chegou a sete partidas sem ganhar. No entanto, pelo pobre futebol apresentado também, saiu satisfeito com o ponto conquistado no Café. 

Londrina e CSA fizeram um primeiro tempo sem nenhuma inspiração e emoção. Os times mostraram muita lentidão e abusaram dos erros de passes., irritando a torcida presente no Café. Foram apenas duas finalizações do LEC e uma do time alagoano. Com pouca qualidade técnica e acerto, o placar não poderia sair do 0 a 0. 

O melhor lance da primeira etapa foi aos 15 minutos, quando o CSA saiu jogando errado e a bola sobrou para Douglas Coutinho na entrada da grande área. O atacante finalizou para boa defesa de Marcelo Carné. 

O Londrina voltou com Marcinho, Alan Ruschel e Mirandinha nos lugares de Mandaca, Eltinho e Douglas Coutinho, respectivamente, e teve mais disposição e velocidade. Logo no primeiro lance, Matheus Lucas recebeu pelo lado direito e finalizou para boa defesa do goleiro alagoano.

O Tubarão passou a pressionar principalmente com as jogadas de Mirandinha, que aos 22 finalizou com muito perigo da entrada da grande área. Mas o time continuou errando muito na parte técnica e faltou qualidade no último passe e na finalização.

Aos 30, Adilson Batista tentou uma última alternativa e colocou o centroavante Salatiel no lugar de Matheus Lucas. O LEC continuou insistindo, mas o gol não saiu. Aos 39, Mirandinha pegou rebote do goleiro alagoano e novamente mandou para fora. 

Não faltou vontade na segunda etapa, mas a bola foi pequena. No fim, boa parte da torcida vaiou a atuação e o placar, enquanto a outra parte aplaudiu e reconheceu o esforço da equipe. 

Londrina 0

Matheus Nogueira; Samuel Santos (Mossoró), Vilar, Saimon e Eltinho (Alan Ruschel); João Paulo, Mandaca (Marcinho) e Gegê; Caprini, Douglas Coutinho (Mirandinha) e Matheus Lucas (Salatiel). Técnico: Adilson Batista

CSA 0

Marcelo Carnê; Lucas Marques (Osvaldo), Lucão, Douglas e Diego Renan; Geovane, Giva Santos, Gabriel e Igor Inocêncio; Lucas Barcelos e Rodrigo Rodrigues (Bruno Mezenga) (Marco Túlio). Técnico: Alberto Valentim

Árbitro: Vinícius Gomes do Amaral (MG)

Estádio: do Café

Renda: R$ 43.800,00  Público: 1.249 (Pagantes: 1.045)

Receba nossas notícias direto no seu celular, envie, também, suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link