|
  • Bitcoin 149.175
  • Dólar 4,9314
  • Euro 5,2165
Londrina

Estreia

m de leitura Atualizado em 02/03/2022, 15:30

Londrina joga por garantia de caixa pela Copa do Brasil

Prioridade do clube por conta da premiação, LEC estreia nesta quarta-feira diante do Ceilândia no DF e quer evitar zebra para passar de fase

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 02 de março de 2022

Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

Foto: Ricardo Chicarelli/LEC
menu flutuante

Dois meses depois de iniciar a temporada e dez jogos oficiais, o Londrina tem o seu mais importante desafio em 2022. O Tubarão estreia na Copa do Brasil nesta quarta-feira (2) diante do Ceilândia, às 15h30, no estádio Abadião, na cidade-satélite do Distrito Federal. 

Homem-gol: Douglas Coutinho já balançou as redes quatro vezes no ano e é a esperança do LEC em Brasília Homem-gol: Douglas Coutinho já balançou as redes quatro vezes no ano e é a esperança do LEC em Brasília
Homem-gol: Douglas Coutinho já balançou as redes quatro vezes no ano e é a esperança do LEC em Brasília |  Foto: Ricardo Chicarelli/LEC
  

É a 14ª participação do Alviceleste na competição - o LEC acumula 38 jogos e 16 vitórias. No atual formato, a melhor campanha foi em 2019, quando o clube chegou até a quarta fase e foi eliminado pelo Bahia. Ausente da competição no ano passado, o Tubarão projeta avançar contra o time candango, o que garantiria mais uma cota de R$ 750 mil para os cofres. 

Todo o planejamento alviceleste foi feito pensando nesta partida. No último jogo do Paranaense - derrota por 2 a 1 para o Rio Branco - todos os titulares foram poupados e nem o técnico Vinícius Eutrópio comandou a equipe em Paranaguá. Pelo regulamento, o Londrina joga pelo empate para voltar classificado do Planalto Central. 

Leia também

LEC quer manter desempenho dos paranaenses na Copa do Brasil 

LEC lança passaporte de ingressos e fecha patrocínios na camisa

"O Londrina está em uma crescente. Tivemos um início de ano acima do que foi programado pelos problemas que enfrentamos na preparação. Conseguimos a classificação antecipada no Paranaense e agora é buscar esta classificação, que é muito importante para todos", frisou o goleiro Matheus Nogueira. 

O regulamento da competição, com apenas um jogo, tem igualado os confrontos e proporcionado zebras nas últimas edições. Em 2022, não tem sido diferente. Equipes de Série B, como Ponte Preta e Náutico, já foram eliminadas por rivais de divisões inferiores. 

O LEC promete estar vacinado e prega muito respeito ao Ceilândia, que terminou a primeira fase do Campeonato Brasiliense na liderança. "A seriedade tem que ser a mesma. Temos que ligar ainda mais o alerta em razão de alguns resultados que surpreenderam. É preciso respeitar todos os times mesmo aqueles que não têm série em Brasileiro. Mas estamos bem preparados para fazer um grande jogo", garantiu o goleiro alviceleste. 

Escalação

O Londrina terá uma alteração em relação a formação titular que o técnico Vinícius Eutrópio escalou nas últimas partidas. O meia Mossoró, com uma lesão muscular, foi vetado e será substituído por Léo Artur. O lateral direito Samuel Santos fez tratamento intensivo nos últimos dias e se recuperou de uma contusão na coxa. O jogador viajou e estará em campo. 

No ataque, Salatiel será mantido como o camisa 9 e jogará ao lado de Douglas Coutinho e Caprini. Coutinho, artilheiro do LEC no ano, com quatro gols, é a esperança alviceleste na busca pela classificação. 

Do lado candango, o Ceilândia traz a boa campanha na primeira fase do Estadual como trunfo para tentar avançar. A única vez que o Ceilândia se classificou para a segunda fase da Copa do Brasil foi em 2006 e a última participação foi em 2018. No Brasiliense, a equipe somou 19 pontos em nove jogos e está no quadrangular final. Londrina e Ceilândia voltam a se enfrentar 17 anos depois de o Tubarão ser eliminado pelo adversário no mata-mata da Série C de 2005. 

EM CEILÂNDIA

Ceilândia 

Mateus Kaiser; Crystian, Ygor, Vidal e China; Tarta, Gabriel Henrique e Liel; Cabralzinho, Gabriel Pedra e Romarinho. Técnico: Adelson de Almeida

Londrina

Matheus Nogueira; Samuel Santos, Augusto, Saimon e Eltinho; João Paulo, Jhonny Lucas e Léo Artur; Douglas Coutinho, Salatiel e Caprini. Técnico: Vinícius Eutrópio

Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)

Local: estádio Abadião

Horário: 15h30

Receba nossas notícias direto no seu celular, envie, também, suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link