|
  • Bitcoin 102.453
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

Londrina Esporte Clube

m de leitura Atualizado em 30/05/2022, 06:12

LEC terá Chape em má fase para tentar inédita 2º vitória seguida

Tubarão está a dois pontos da zona de rebaixamento e a quatro do G4; resultados da 9ª rodada mexeram com posições dos times

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 30 de maio de 2022

Pedro Marconi - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

Foto: Ricardo Chicarelli/Londrina Esporte Clube
menu flutuante

Uma vitória leva ao pelotão de cima. Uma derrota joga para a zona do perigo. Esta tem sido a tônica da Série B do Brasileiro ao final da nona rodada, que foi encerrada na tarde deste domingo (29) com a partida entre Vila Nova e Grêmio, no estádio Serra Dourada, que ficou no 0 a 0, apesar de um confronto movimentado. O resultado fez com o que o Tricolor gaúcho pulasse para 5º, enquanto que o time goiano despencou para penúltimo lugar. 

Já o Londrina começa a semana no meio da tabela, numa situação muito mais tranquila do que a semana anterior. O triunfo em casa sobre o Operário deixou o Tubarão na nona colocação, com 11 pontos. Apesar da posição, o LEC está apenas dois pontos de distância do primeiro clube que figura na ZR, que é o Náutico, e a quatro pontos da última equipe do G4, o Sport. O Náutico, inclusive, teve uma semana ruim. O empate sem gols com o Ituano fez com que o Timbu entrasse na área descenso. 

Quem segue na zona de rebaixamento é o Guarani. O lanterna da competição perdeu para o Sampaio Corrêa por 2 a 1, no Castelão, no sábado (28). O Bugre acumula apenas uma vitória na segunda divisão nacional, com outras cinco igualdades e três reveses. Outro time que não atravessa boa fase é o próximo adversário do Londrina. Em 10ª, a Chapecoense está a cinco rodadas consecutivas sem somar três pontos. São duas derrotas e três empates. Contra a equipe catarinense o Tubarão tentará a inédita segunda vitória consecutiva no campeonato, sexta-feira (3), às 19h, na Arena Condá.

LEIA TAMBÉM: Volante Jean Henrique é reintegrado ao Londrina

Na briga pelo acesso o Cruzeiro segue sobrando. Na sexta-feira (27), a Raposa venceu o Criciúma, fora de casa, por 1 a 0. O time mineiro chegou aos 22 pontos, cinco a mais que o vice-líder Vasco, que galgou a posição ao bater o Brusque por 2 a 0, no São Januário. Completam o grupo Bahia e Sport. O outro paranaense na Série B, Operário, está estacionado em 12º. 

RODADA COM CLÁSSICO 

A 10ª rodada será aberta na terça-feira (31), com Sport e Ponte Preta. A rodada terá clássico alagoano com CRB x CSA e encontro de equipes grandes, com Vasco x Grêmio, na quinta-feira (2), às 20h, no Rio de Janeiro. Os outros confrontos são Guarani x Vila Nova, Chapecoense x Londrina, Operário x Cruzeiro, Brusque x Náutico, Novorizontino x Sampaio Corrêa, Bahia x Criciúma e Tombense x Ituano. 

NOVA DATA 

Atendendo um pedido do LEC, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) alterou o dia e o horário do duelo entre o Tubarão e o Vasco, pela 13ª rodada. Ao invés de sexta-feira (17), às 21h, o compromisso será no sábado (18), a partir das 16h, no Café. A expectativa da diretoria alviceleste é ter um número maior de torcedores no estádio com a nova data. 

Aliás, este jogo foi marcado por polêmicas nos últimos dias. O Londrina abriu negociação para levar a partida para o Espírito Santo, entretanto, voltou atrás após a repercussão negativa diante da torcida. O gestor do clube, Sérgio Malucelli, disse nas redes sociais que resolveu “por não levar o jogo e continuar no estádio do Café em respeito ao torcedor que comprou o passaporte”. O presidente da CBF afirmou que vetou a troca de palco por considerar que não tinha “elementos palpáveis para a mudança”. 

VITÓRIA DA BASE 

Enquanto o time principal do Londrina continuou, no fim de semana, a preparação para enfrentar a Chape, as categorias de base entraram em campo pelos respectivos estaduais. O sub-17 venceu o Clube Atlético Cambé de goleada, por 7 a 0, e o sub-19 fez 5 a 0 na Portuguesa Londrinense. 

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.