|
  • Bitcoin 121.439
  • Dólar 5,0555
  • Euro 5,2186
Londrina

Série B

m de leitura Atualizado em 30/06/2022, 07:28

LEC se apoia em campanha no Café para reagir na série B

Diante do CSA no sábado, Londrina coloca a prova a sexta melhor campanha como mandante e quer melhorar o sistema defensivo

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 30 de junho de 2022

Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

A derrota para o Grêmio freou a reação do Londrina na Série B e impediu o alviceleste de colar no G4. O revés em Porto Alegre ligou o alerta do Tubarão novamente em relação ao desempenho do sistema defensivo. Com o gol sofrido na capital gaúcha, o LEC tem agora a segunda pior defesa do Brasileiro. 

Douglas Coutinho foi substituído em Porto Alegre com dores musculares e é dúvida para o jogo de sábado com o CSA Douglas Coutinho foi substituído em Porto Alegre com dores musculares e é dúvida para o jogo de sábado com o CSA
Douglas Coutinho foi substituído em Porto Alegre com dores musculares e é dúvida para o jogo de sábado com o CSA |  Foto: Sheyla Dantas/LEC
  

São 17 gols sofridos em 14 jogos, o que dá uma média de 1,2 gol por partida. O Londrina só fica à frente do penúltimo colocado Guarani, que foi vazado 18 vezes. Na terça-feira (28), o técnico Adilson Batista contou com o retorno de Saimon ao lado de Gustavo Vilar e durante a partida ainda utilizou os dois zagueiros que estavam no banco: Augusto e Denilson. 

Leia também

Sem inspiração, LEC perde para o Grêmio e mantém sina na série B 

LEC terá "maratona pedreira" no fechamento do 1º turno

No segundo tempo, colocou Augusto no lugar do lateral Samuel Santos e passou a jogar no 3-4-3. Nos minutos finais, mesmo perdendo, sacou Vilar para a entrada de Denilson. O titular deixou o gramado contrariado. Ao longo da Série B, o treinador já utilizou algumas formações diferentes em busca do equilíbrio defensivo. 

Força no Café

O Londrina aposta no desempenho dentro de casa para se reabilitar na competição já no sábado (2) contra o CSA, no estádio do Café, às 11h. Dos 18 pontos conquistados, 15 foram diante da torcida. Em oito jogos, são quatro vitórias, três empates e uma única derrota. 

Se é o 10º na classificação geral, o LEC é o sexto melhor mandante com 62%. Só fica atrás dos quatro integrantes do G4 e do Sampaio Corrêa, que é o nono colocado, e tem 80% de aproveitamento em casa. O único com 100% como mandante é o líder Cruzeiro, que venceu os sete jogos que fez no Mineirão ( na terça, bateu o Sport por 2 a 1 de virada). 

O desgaste físico de alguns jogadores também ficou evidente na derrota em Porto Alegre e o técnico Adilson Batista pode ter problemas para definir a equipe, que fará três jogos em uma semana. O lateral Eltinho e o atacante Douglas Coutinho foram substituídos no intervalo na Arena do Grêmio, em razão de dores musculares. Os dois passam a ser dúvidas para sábado. 

Outro problema é o centroavante Gabriel Santos, que não atuou na última partida em razão de um estiramento muscular na coxa. O jogador segue em tratamento e será reavaliado nesta quinta-feira pelo departamento médico. 

Saída

O meia Gabriel Honório está de saída do Londrina. Pouco aproveitado pelo técnico Adilson Batista, o jogador deve ir para o Vitória (BA), que disputa a Série C. Contratado do São Joseense após o Campeonato Paranaense, Honório participou de apenas duas partidas pela Série B. Neste período, ficou um bom tempo no departamento médico tratando uma lesão no púbis. 

Ingressos

Novamente o LEC irá fazer promoções nos ingressos para o confronto da 16ª rodada. Os bilhetes para o duelo com o CSA começaram a ser vendidos na quarta-feira (29). 

O Londrina vai prorrogar a entrada franca para as mulheres, que mais uma vez não irão pagar para acompanhar o Tubarão. Crianças até 12 anos também não pagam. O valor único dos ingressos será de R$ 40 para o torcedor do Londrina e apenas o setor das cadeiras será aberto pelo clube. No setor de visitante, as entradas custam R$ 120 e R$ 60, a meia-entrada. 

O Londrina ocupa a 10ª colocação do Brasileiro, após 14 jogos disputados. Já o CSA  está na 16ª posição, com 15 pontos, em 15 partidas até aqui.

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link