|
  • Bitcoin 121.475
  • Dólar 5,0599
  • Euro 5,2211
Londrina

NEM LÁ NEM CÁ

m de leitura Atualizado em 18/07/2022, 00:42

LEC chega à metade da Série B com campanha mediana

Equipe de Adilson alterna partidas muito boas com outra irreconhecíveis e encerra primeiro turno amanhã, contra o Sampaio Corrêa, no Café

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 18 de julho de 2022

Edson Neves - Especial para a FOLHA
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Depois de uma maratona de três jogos fora de casa, o Londrina Esporte Clube fecha a primeira metade da Série B jogando em casa. O adversário será o Sampaio Corrêa, nesta terça-feira (19), em partida marcada para as 19 horas no Estádio do Café. Até aqui, o Tubarão não engrenou na competição, mas também não correu riscos de se aproximar da zona do rebaixamento: foram seis vitórias, cinco empates e sete derrotas, com 23 pontos (42% de aproveitamento). O Londrina inclusive terminará o primeiro turno sem ter conseguido uma sequência de duas vitórias. 

Londrina fez contra o Operário, pela 9ª rodada, seu melhor jogo em casa até aqui na Série B Londrina fez contra o Operário, pela 9ª rodada, seu melhor jogo em casa até aqui na Série B
Londrina fez contra o Operário, pela 9ª rodada, seu melhor jogo em casa até aqui na Série B |  Foto: Ricardo Chicarelli/LEC
 

Uma campanha marcada por jogos apáticos, como o empate sem gols contra o CSA (16ª rodada) e o próprio 0 a 0 com o Ituano, no último sábado (15), partidas em que o LEC jogou bem, mas não venceu (derrotas para Cruzeiro e Vasco), vitórias maiúsculas, como na estreia em casa contra o Náutico (2 a 0), no duelo regional diante o Operário (2 a 1) e no jogo atrasado contra a Chapecoense (3 a 0, fora de casa), e também atuações em que o time de Adilson Batista esteve irreconhecível, como nas derrotas fora de casa para Bahia (por 4 a 0) e Sport (2 a 0).

LEIA TAMBÉM:

Em jogo fraco, LEC encerra giro fora de casa com empate em Itu
LEC encerra giro fora em meio a semana turbulenta

Após o empate contra o Ituano, o volante e capitão João Paulo procurou ser positivo e destacou que dos nove pontos disputados fora de casa, o Tubarão conquistou quatro. E que mesmo com o forte calor em Itu, o time havia se comportado bem dentro de campo. 

Na coletiva de imprensa antes da partida contra o rubro-negro, o técnico Adilson Batista havia sido questionado sobre o desempenho do LEC. “Eu gostaria de ter uma pontuação maior. Acho que nós acabamos errando, desperdiçando alguns pontos que hoje nos fazem falta”, admitiu. 

Em dezoito jogos, foram dezoito gols marcados - média de 1 por jogo - e 19 gols sofridos, o que também mostra a falta de efetividade do ataque alviceleste e a instabilidade da defesa, uma das defesas mais vazadas da Série B. 

O desempenho contra equipes de cada ponta da tabela também diz muito sobre a campanha mediana do Londrina. Todos os times do atual G4, Cruzeiro, Vasco, Bahia e Grêmio, venceram o LEC. Já pelo lado da ZR, o alviceleste superou Chapecoense, Náutico e Guarani, e empatou com o lanterna Vila Nova.

Sem problemas de suspensão ou contusão na equipe, Adilson pode repetir amanhã o time que ficou no 0 a 0 contra o Ituano, mas como o treinador gosta de montar seu time conforme as características de jogo do adversário, a tendência é que lance mão de uma nova formação. O Sampaio faz campanha surpreendente, vem de vitória por 3 a 1 sobre o Vasco, em casa, e está em sexto lugar, com 25 pontos. 

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link