|
  • Bitcoin 111.044
  • Dólar 5,2393
  • Euro 5,5170
Londrina

Série B

m de leitura Atualizado em 23/06/2022, 19:48

Em confronto direto, LEC busca reabilitação diante do Guarani

Tubarão quer esquecer derrota para o Vasco e voltar a vencer nesta sexta-feira no estádio do Café para subir na classificação da Série B

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 24 de junho de 2022

Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Deixar a derrota para o Vasco para trás, olhar para frente e voltar a vencer em casa. Estes são os objetivos do Londrina no confronto com o Guarani nesta sexta-feira (24), às 19h, no estádio do Café, pela 14ª rodada da Série B. Em um duelo direto, o Tubarão quer reencontrar o caminho da vitória para subir na classificação. 

Após iniciar a Série B como titular, Augusto perdeu a posição e retorna hoje ao LEC no duelo com o Guarani Após iniciar a Série B como titular, Augusto perdeu a posição e retorna hoje ao LEC no duelo com o Guarani
Após iniciar a Série B como titular, Augusto perdeu a posição e retorna hoje ao LEC no duelo com o Guarani |  Foto: Sheyla Dantas/LEC
  

A performance como mandante é o que tem sustentado a campanha intermediária do Alviceleste no Brasileiro. Dos 15 pontos conquistados, 12 foram no Café. A sequência de seis jogos de invencibilidade - três vitórias e três empates - foi quebrada, no entanto, no revés para o Vasco, apesar do bom futebol apresentado pela equipe. O elenco garante que a derrota contra o vice-líder da Série B não irá abalar o time.

Leia também

Com retornos, Adilson tem "time ideal" contra o Guarani

CBF marca jogo com a Chapecoense e LEC terá sequência fora 

"Têm jogos que a gente tem que esquecer e o Adilson sempre nos dá muita confiança. Precisamos entrar com muita concentração e ligado o tempo todo para vencer. O Guarani é uma equipe forte, mas o Londrina está com força total para buscar esta reabilitação", frisou o capitão João Paulo, que retorna ao time após cumprir suspensão automática. "Todos os jogos da Série B são muito difíceis, seja com quem está lá embaixo ou na ponta de cima. Uma vitória neste jogo nos leva para uma posição bem melhor". 

Após o início da rodada, o LEC ocupa a 12ª posição, com 15 pontos, enquanto o Bugre está na zona do rebaixamento, em 18º, com 13. Com um jogo a menos, o Alviceleste tem seis pontos a menos que o Grêmio, quarto colocado. Entre os últimos colocados desde o início da Série B, a equipe de Campinas tem o pior ataque do Brasileiro, ao lado de Ponte Preta e Vila Nova, com apenas oito gols marcados em 13 jogos. Fora de casa, o Guarani conquistou cinco pontos até aqui. 

O técnico Adilson Batista ressaltou o equilíbrio da competição e a necessidade de vitória em um confronto direto. O treinador, no entanto, pregou que o time precisa ter atenção e cuidados para voltar a vencer. "A tabela está muito igual, parecida. Quem ganha vai lá para cima, quem perde fica de olho na turma de baixo. Temos que ter um grau de concentração grande, diminuir os erros e sermos efetivos quando as chances aparecerem. É mais uma decisão e mais três pontos importantes", comentou. 

Formação

O Londrina terá quatro alterações em relação à última partida. Além de João Paulo, o centroavante Gabriel Santos também volta de suspensão. Recuperado de uma lesão muscular, o meia Gegê retorna ao time titular. Na zaga, Augusto entra no lugar de Saimon, que recebeu o terceiro cartão amarelo. 

No Guarani, o técnico Marcelo Chamusca ainda não pode contar com o goleiro Kozlinski, machucado. O treinador pode abrir mão do esquema com três zagueiros, utilizado nas últimas partidas, e tirar o zagueiro Ernando para a entrada do atacante Júlio César. O destaque da equipe é o meia Giovanni Augusto, ex-Corinthians. 

EM LONDRINA

Londrina

Matheus Nogueira; Samuel Santos, Augusto, Gustavo Vilar e Eltinho; João Paulo, Jhonny Lucas e Gegê; Caprini, Douglas Coutinho e Gabriel Santos. Técnico: Adilson Batista

Guarani

Rafael Martins; João Victor, Ernando (Júlio César) e Leandro Castan; Diogo Mateus, Leandro Vilela, Rodrigo Andrade (Silas), Giovanni Augusto e Matheus Pereira; Bruno José e Lucão do Break. Técnico: Marcelo Chamusca

Árbitro: Denis da Silva Ribeiro (AL)

Estádio: do Café

Horário: 19h

Ingressos: R$ 40 (arquibancada) e R$ 60 (cadeira)

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link