|
  • Bitcoin 121.439
  • Dólar 5,0555
  • Euro 5,2186
Londrina

Londrina Esporte Clube

m de leitura Atualizado em 20/07/2022, 20:33

Adilson vê LEC em evolução e diz que time pode render ainda mais

Técnico mantém avaliação de que à exceção dos “grandes”, Série B está nivelada e prega atenção em cada rodada

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 20 de julho de 2022

Edson Neves - Especial para a FOLHA
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Aproveitando tropeços dos adversários e fazendo o seu dever de casa, o Londrina subiu três posições com a vitória sobre o Sampaio Corrêa, na terça-feira (19), e fechou o primeiro turno da Série B na sétima colocação, com 27 pontos conquistados (47,3% de aproveitamento).

Imagem ilustrativa da imagem Adilson vê LEC em evolução e diz que time pode render ainda mais Imagem ilustrativa da imagem Adilson vê LEC em evolução e diz que time pode render ainda mais
|  Foto: Ricardo Chicarelli
 

Na coletiva de imprensa após o jogo contra os maranhenses, o técnico Adilson Batista destacou que vê o elenco alviceleste em evolução. "Tem muita coisa que estamos crescendo. Em cinco meses de comando, já consigo identificar onde cada atleta pode render melhor, onde pode se desgastar, aí fazemos alterações. Ainda há muita coisa a ser extraída deles. Eu acredito que eles podem render mais".

Prova dessa melhora no elenco do Tubarão está na defesa. Nos últimos cinco jogos, o LEC só sofreu gols em um deles, que foi na derrota para o Sport fora de casa por 2 a 0. "Isso não vinha acontecendo anteriormente. Perdemos alguns pontos por desatenção, falhas, erros de posicionamento e bolas que não deveriam passar. Essa sequência sem  tomar gols mostra a evolução e confiança que o grupo está". Ainda assim, a defesa londrinense sofreu 19 gols em 19 jogos - 1 por partida.

O goleiro Matheus Nogueira afirmou que o Tubarão soube “sentir” a Série B. “Hoje, entendemos melhor a seriedade da competição. Qual o momento certo de dar um ‘chutão’ e qual o momento de sair jogando. Até mesmo de saber sofrer”, destacou. 

LEIA TAMBÉM:

Tubarão vence o Sampaio e termina o turno entre os 10

Adilson também apresentou seu ponto de vista sobre a competição em geral. De acordo com ele, fora as equipes que ficam mais tempo na Série A do que na segunda divisão - Cruzeiro, Grêmio, Vasco e Bahia -, os demais times estão nivelados. "Daquilo que nós estamos acompanhando, está tudo muito igual. A atenção deve ser em toda a rodada", observou. "Não fomos massacrados em nenhum jogo. Nem contra o (líder) Cruzeiro. Com exceção ao jogo do Bahia, que em 10 minutos demos duas bobeiras que mudaram o jogo", relembrou o técnico, citando a goleada por 4 a 0 na Arena Fonte Nova, pela 6ª rodada.

Para o comandante, o essencial é ter iniciativa. "Muitos dizem que por eu ter sido zagueiro, eu gosto de jogar recuado. Eu sou mais ofensivo que defensivo. Saio feliz porque tivemos coragem de propor o jogo, assim como saí contente do jogo contra o Vasco, mesmo tendo perdido", explicou Adilson, indicando que a partida contra o cruz-maltino foi a melhor atuação do LEC na Série B até aqui.

TUBARÃO QUER RESOLVER SITUAÇÃO DE VOLANTE E ZAGUEIRO ANTES DE IR a fundo AO MERCADO

Antes de buscar mais peças no mercado, já que a janela de transferências se abriu nesta semana, o alviceleste quer primeiro resolver a situação de quem já está no elenco. E o foco da diretoria do clube é concluir a compra do volante Jhonny Lucas e do zagueiro Vilar, que possuem contratos de empréstimo com o Tubarão. No caso do volante, que teve seu vínculo encerrado no dia 30 de junho, o LEC já acertou a compra do jogador do Sint-Truindense, da Bélgica. Porém, o contrato em definitivo, válido até o final de 2025, ainda não foi assinado. Enquanto a janela não se abria, havia sido feito um novo contrato de empréstimo para que o jogador pudesse continuar jogando. De fora contra o CSA e Chapecoense, Jhonny Lucas voltou ao time titular na partida contra o Sport. O outro caso diz respeito ao zagueiro Vilar. O atleta de 22 anos pertence ao Maringá e tem contrato com o LEC até o final da Série B.

Em entrevista à Rádio Paiquerê 91,7, o gestor de futebol do clube, Sérgio Malucelli, confirmou que o LEC vai exercer a compra do jogador em contrato de três anos. Essas movimentações, segundo Malucelli, devem acontecer na próxima semana, já que o LEC teria um intervalo entre as partidas contra Náutico, neste sábado (23), na abertura do returno, e Criciúma, dia 30. "Precisamos de tempo para não perder atleta em jogo nenhum", afirmou à rádio. O gestor ainda confirmou que o zagueiro/volante Gustavo Lopes, que estava na quarta divisão paulista, já está treinando no CT da SM Sports, sendo o primeiro reforço do Tubarão nesta janela. Além dele, Malucelli revelou que outro atleta também está treinando no CT, mas não revelou o nome. Já o lateral-direito Lucas Mazetti, do Brasil de Pelotas, teria sido descartado, assim como o volante Robson Alemão, do Ferroviário-CE. (E.N.)

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.