|
  • Bitcoin 104.165
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

Habilitados

m de leitura Atualizado em 09/03/2022, 00:28

FEL aprova 62 projetos esportivos via Feipe

Será destinado um total de R$ 5,2 milhões para as modalidades; destaque para o vôlei feminino, que receberá o maior valor

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 09 de março de 2022

Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

A FEL (Fundação de Esportes de Londrina) habilitou 62 projetos pelo Feipe (Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos) para o ano de 2022. No total, serão disponibilizados R$ 5.235.000,00 para o desenvolvimento esportivo de Londrina. 

Imagem ilustrativa da imagem FEL aprova 62 projetos esportivos via Feipe Imagem ilustrativa da imagem FEL aprova 62 projetos esportivos via Feipe
|  Foto: Gustavo Carneiro/Folha de Londrina
  

O Feipe é dividido em cinco programas: Adulto, Juventude, Alternativos, Pessoas com Deficiência e Ligas. Após a apresentação das propostas, os projetos foram analisados e aprovados pelo Cafel (Conselho Administrativo da Fundação de Esportes). 

O programa Adulto, com equipes que vão representar o município em competições estaduais e nacionais, é o que teve mais projetos aprovados e que abocanhou a maior parte dos recursos. Foram 21 projetos e o repasse será de R$ 2.351.000,00. Destaque para o vôlei feminino, da Associação Atlética de Londrina, que teve aprovado o valor de R$ 480 mil. Em seguida aparecem o atletismo (290 mil), futsal feminino (276 mil) e basquete masculino (245 mil). 

Leia também

Reforma do Moringão é retomada em Londrina 

No programa Juventude, serão destinados R$ 1.888.000 para 19 projetos habilitados. As modalidades que receberão os maiores valores são atletismo (290 mil), taekwondo e GR (130 mil cada), judô (110 mil) e basquete e futsal feminino (100 mil cada). 

No programa de esportes alternativos, foram aprovados sete projetos, com valor total de R$ 210 mil, e para o programa para pessoas com deficiência são 13 projetos ao valor de R$ 390 mil. Em relação às Ligas, tiveram as propostas aceitas a Liga de Futebol de Londrina, que receberá R$ 216 mil, e a Liga Metropolitana de Futsal, com direito a R$ 180 mil. 

A FEL recebeu 16 recursos de entidades que tiveram os projetos inabilitados, mas apenas um foi deferido. A Associação Oguido Dojo teve aprovada a proposta para o desenvolvimento do jiu-jitsu feminino e masculino na modalidade adulto. Não houve propostas para o rugby feminino (juventude) e para o boxe (adulto). 

As modalidades que tiveram os projetos habilitados têm 15 dias para entregar a documentação para depois assinarem os contratos e começarem a receber as parcelas dos recursos. 

De acordo com a FEL, após a conclusão do processo destes projetos habilitados será aberta uma segunda licitação para contemplar as modalidades que deram desertas e para aquelas cujas propostas foram inabilitadas. 

Receba nossas notícias direto no seu celular, envie, também, suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link