MULTI CHEF -

Você gosta de alcaparras?


Fábio Luporini/ Especial para Folha 2
Fábio Luporini/ Especial para Folha 2

Ela não é unanimidade. Tem gente que gosta, tem quem odeie. Talvez pelo sabor forte, característico, marcante e salgado. Ou, quem sabe, por ter experimentado em alguma ocasião traumática. As alcaparras são botões de flores não abertos do arbusto capparis spinosa, conservados, normalmente, em salmouras com vinagre e sal. E funcionam muito bem como temperos, em molhos ou acompanhamento de carnes. Eu gosto. E você?


Alcaparras vão bem com peixes e outro alimentos
Alcaparras vão bem com peixes e outro alimentos | Pixabay/ Divulgação
 


 

Sempre usei alcaparras no risoto. Outro dia fiz um que tinha ainda queijo gorgonzola e copa. Ficou divino! Bem salgadinho! Mas, já harmonizei com outros tipos de queijo, como o brie. E com tiras de filé mignon. Também fica delicioso. O ingrediente, entretanto, tem outras utilidades na gastronomia. O carpaccio aceita bem, embora a receita original não tenha, assim como a caponata. Dois aperitivos e entradinhas que permitem essa adaptação.



 

Todavia, talvez não tenha outro prato que combine melhor com as alcaparras do que o peixe. Seja assado ou grelhado, seja como ingrediente único ou um entre tantos. O salmão, por exemplo, é ideal para absorver o sabor delas. Aliás, um molho pesto com o salmão torna o sabor indescritível (qualquer dia falo especificamente sobre isso). De qualquer forma, é do fundo do rio que vem a carne perfeita para um molho de alcaparras: a tilápia, cujo filé frito ou assado explodem de sabor com um molho feito do botão da flor.

 

Eu me aventurei a testar esse molho, que eu nunca tinha feito. À base de manteiga, vai também um pouco de limão, um dedinho de água e um pouco da farinha, salpicada no filé, temperado anteriormente. Deu tudo errado. Mas, deu tudo certo! O filé desmanchou na frigideira. Ainda não sei se é porque estava fino demais ou porque tinha muita manteiga. O molho, entretanto, finalizado posteriormente, ficou estupendo! Meu amigo Fernando Lazzarini, descrente do prato, inicialmente, e minha irmã Camila Luporini que o digam. Eles foram as cobaias que experimentaram minha peripécia gastronômica.

 

Para acompanhar, um risoto simples à base requeijão, cream cheese e muçarela, com alcaparras! E vinho tinto. Dois espanhóis deliciosos encontrados em supermercados de Londrina, além de um cabernet sauvignon de Mendoza, na Argentina. Não tem melhor programa para encerrar um domingo. Se sobrou alguma alcaparra para contar a história? Nenhuma! Terei de fazer novamente para ver se a família e os amigos aprovam a receita. Prometo que não vou deixar o peixe se desmanchar!

 




Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo